Você está em: Comunidade > Galeria de fotos

2 ovelhas deslanadas Easycare (50% Romanov) recem parida de trigêmeos.

Por João Monteiro da Gama - publicado em 11/05/2015

4 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir
Download
Foto: João Monteiro da Gama
2 ovelhas deslanadas Easycare (50% Romanov) recem parida de trigêmeos. Reprodutor utilizado no cruzamento industrial White Dorper ou Texel.

Saiba mais sobre o autor desse conteúdo:

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários:

dhionis

Vitória da Conquista - Bahia - Estudante
publicado em 18/05/2015

bonitos animais

João Monteiro da Gama

Arandu - São Paulo - Produção de leite
publicado em 18/05/2015

Postei hoje um vídeo no YouTube com a primeira ovelha nascida no Brasil oriunda do mesmo cruzamento Romanov e White Dorper, testado à exaustão nos Estados Unidos.

JOSE BRAGA DA SILVA JUNIOR

Itapetininga - São Paulo - Produção de ovinos de corte
publicado em 16/06/2015

Ótima opção para nossa atividade!!
O que me preocupa é esta parição de trigêmeos.
Seria interessante alguns comentários sobre este borrego a mais.
Eu particularmente prefiro parto até gêmeos
Pode alguns acharem que estão ganhando por serem 3 produtos do nascimento, mas não é bem assim, por mais que a mãe os tenha parido, há várias desvantagens no seu desenvolvimento enquanto fetos até o pós parto e desmama, algum vai ficar muito para trás, uma vez que a ovelha só tem dois aparelhos mamários.

João Monteiro da Gama

Arandu - São Paulo - Produção de leite
publicado em 16/06/2015

Caro Sr. José Braga Junior,
Bom dia,

Obrigado pelo interesse na raça Romanov.

As ovelhas F1 Romanov parem em média: 10% parto simples, 75% parto gemelar e 15% parto trigemelar. Dando uma média de pouco mais de 200% de desmama.
A preocupação do Sr. é pertinente. Uma das alternativas que os criadores da raça utilizam é a adoção de um dos trigêmeos por uma ovelha que tenha tido parto simples. Se verificar em minhas fotos postadas, indico uma das formas mais usadas para tal.
Como comparação: as ovelhas portadoras de um alelo do gene Boorrola parem em média: 33% parto simples, 33% parto gemelar e 33% parto trigemelar. Sendo este problema ainda mais intenso.
Vale lembrar que a ovelha F1 Romanov herda em seus genes muita produção leiteira, oriundo de mais de 200 anos de melhoramento genético/seleção natural da raça pura onde a norma são partos trigemelares. Já no caso do gene Boorroola esta aptidão leiteira nem sempre vem junto.
Meu objetivo mostrando a foto dos trigêmeos foi mostrar a produção leiteira da raça, mesmo que representem apenas 15% dos partos.
Nos falamos,
Um abraço, João

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes

Enviar comentário

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade