A AgriPoint é especializada na formação de comunidades online focadas no agronegócio.

Site oficial:

Piracicaba - São Paulo

(19) 3432-2199

Nutrição de ovinos e caprinos de corte: confira a entrevista com Clayton Mendes

Por AgriPoint Consultoria Ltda, FarmPoint - postado em 30/03/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir

 

O nível de desempenho animal é apoiado em três pontos principais: nutrição, genética e sanidade, sendo estes fatores dependentes entre si. Possuir animais geneticamente superiores, sem preocupação com sua nutrição e sanidade, ou fornecer alimento de alta qualidade para animais sem potencial de exploração, não viabilizará a produção, traduzindo no insucesso da atividade.

Para falar sobre esses aspectos, Clayton Quirino Mendes, engenheiro agrônmo, doutor em Ciência Animal e Pastagens, concedeu uma entrevista ao FarmPoint. Clayton também será instrutor do Curso Online Princípios da Nutrição de Ovinos e Caprinos de Corte. Confira a entrevista e saiba mais sobre o tema:

Qual o principal erro cometido na alimentação de ovinos e caprinos?

O principal problema na nutrição de ovinos e caprinos é o uso de uma alimentação que não atende de forma adequada as exigências nutricionais dos animais. Muitas vezes os animais são subnutridos e os índices zootécnicos são muito baixos. O inverso também pode ocorrer. Existem casos em que o rebanho recebe uma alimentação que excede as exigências dos animais. Nesse caso, o custo com alimentação será elevado e o produtor estará desperdiçando um bem precioso dentro do sistema de produção. O pior quadro que encontramos, e com muita frequência, é a combinação destes dois erros.

Qual é o fator limitante para o sucesso do manejo nutricional de ovinos e caprinos?

Para que seja alcançado sucesso no manejo nutricional do rebanho é necessária uma combinação de fatores ligados ao alimento e ao animal. O produtor, além de conhecer as potencialidades dos seus animais, precisa ter noção das peculiaridades relacionadas ao comportamento dos ovinos e dos caprinos, saber diferenciar as categorias que compõem o rebanho. etc. Além disso, é de extrema importância conhecer os alimentos que serão utilizados na nutrição dos animais, suas potencialidades e limitações.

Porque o produtor deve se preocupar com a estratégia de alimentação utilizada para animais jovens?

A preocupação deve existir para todas as categorias de animal, pois o sucesso de cada período/fase da produção depende do que foi executado no momento anterior. Por exemplo: o peso de nascimento das crias é reflexo direto do manejo nutricional imposto às ovelhas durante o período de gestação.

Com relação aos animais jovens, a atenção deve ser redobrada, pois estes animais estão em pleno crescimento e são altamente exigentes do ponto de vista nutricional. No caso de sistemas de produção de carne, a preocupação com a alimentação dos cordeiros é prioridade, uma vez que estes serão, dentro de pouco tempo, o produto final que será comercializado. Já no caso das borregas, estas serão comercializadas como matrizes ou utilizadas para reposição como futuras matrizes do próprio criador.

Veja que a responsabilidade que temos com relação à nutrição do rebanho e o peso deste fator para o sucesso produtivo e, sobretudo econômico da atividade são muito elevados e jamais poderão ser negligenciados. Erros na nutrição do rebanho custam caro ao produtor, muito mais do que ele normalmente imagina.

Você acha que é uma boa estratégia investir mais na suplementação dos animais?

Investir na suplementação/alimentação dos animais é, e sempre será uma ótima estratégia, seja na forma de investimentos em sistemas de produção de pastagens, confinamento ou a combinação de ambos. Estas decisões é que precisam ser tomadas de forma consciente e planejadas pelo criador. Adquirir conhecimentos dos sistemas de produção e dos fatores condicionantes do mercado. Auxiliam no planejamento da produção. Se considerarmos que o preço do milho está mais barato este ano, podemos trabalhar com formulação de rações mais energéticas para as categorias mais exigentes, como cordeiros em crescimento, por exemplo, e reduzir a idade de abate.

Quais os principais cuidados necessários no confinamento dos animais?

Muitos são os cuidados que devem ser tomados no confinamento dentre eles aqueles ligados a genética, alimentação e sanidade. A homogeneidade de lotes é extremamente importante para maximizar o desempenho dos animais. Com relação à alimentação, um dos fatores é a ração total apresentar partículas homogêneas para evitar seleção. Na minha opinião, o mais importante é o produtor ou o técnico fazer contas antes de iniciar um confinamento e verificar a viabilidade econômica. É necessário explorar a maximização do lucro.

O que os alunos poderão aprender de mais relevante neste curso?

Os alunos terão oportunidade de partir dos princípios básicos da nutrição de ovinos e caprinos, passando pelos módulos sobre pastagens e volumosos suplementares, aprender muitos conceitos que são fundamentais para a melhor compreensão dos processos e fenômenos envolvidos na utilização dos alimentos pelos animais. Além disso, os módulos sobre o manejo alimentar das diferentes categorias, desde o manejo das matrizes até chegar ao animal confinado, permitirão ao aluno entrar em contato com técnicas de manejo alimentar dos animais. Este curso dará subsídios para o aluno poder trabalhar o planejamento nutricional do rebanho pensado do ponto de vista da eficiência biológica e econômica do sistema.

O Curso Online Princípios da Nutrição de Ovinos e Caprinos de Corte terá início no dia 09/04 e já está com matrículas abertas. Para conhecer mais sobre o conteúdo do curso e fazer sua inscrição, clique aqui!

 

Opinião

O texto deste colunista não reflete necessariamente a opinião do site FarmPoint.

Saiba mais sobre o autor desse conteúdo:

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes

Enviar comentário

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade