Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Cadeia Produtiva > Entrevistas

Entrevista com Daniel de Araújo Souza

postado em 22/03/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Daniel de Araújo Souza é médico veterinário pela Universidade Federal da Bahia (UFBA), especialista em Administração Rural pela Universidade Federal de Lavras (UFLA) e especialista em Manejo da Pastagem pelas Faculdades Associadas de Uberaba (FAZU). Mestre em Zootecnia, com área de concentração em Produção Animal, pela Universidade Federal do Ceará (UFC), atualmente, é Doutorando em Zootecnia, com área de concentração em Produção Animal, pela Universidade Federal do Ceará (UFC), atuando a nível acadêmico e de campo em ovinocultura de corte e em agronegócio da carne ovina. Daniel também é instrutor de cursos online AgriPoint. Confira a entrevista realizada pelo FarmPoint.

FarmPoint - Qual é a atual conjuntura do mercado ovino brasileiro?

Daniel - "Atualmente, o mercado da carne ovina está passando por um ciclo de alta, havendo uma valorização dos produtos cárneos nunca antes vista no setor, uma vez que a cotação do cordeiro fechou o ano de 2010 em níveis recordes. Isso foi um efeito tanto da produção doméstica deficitária, quanto da queda das importações, diminuindo a oferta de produto dentro de um cenário de elevada demanda. Essa é uma realidade que tende a se repetir em 2011 e a médio prazo, o que por um lado poderá afetar negativamente o consumo mas que, por outro lado, será bom para o setor produtivo, de forma a estimular a produção, a adoção de tecnologia e a entrada de novos investimentos em todos os elos da cadeia produtiva".

FarmPoint - Por que a escolha da raça é um dos principais passos para a ovinocultura deslanchar em qualquer propriedade?

Daniel - "Conciliar grupo genético e ecossistema de produção é um dos pontos mais relevantes por constituir a base estrutural do sistema de produção que possibilitará ou não viabilidade técnica e/ou econômica da atividade, tendo como referência características envolvendo a adaptabilidade, a saúde, a produtividade e a exigência nutricional dos animais. Além disso, por meio do uso de cruzamentos estratégicos e bem direcionados, pode-se explorar o que há de melhor nos grupos genéticos existentes e possibilitar o incremento de características de interesse".

FarmPoint - Como o manejo pré-natal interfere no desempenho futuro dos animais?

Daniel - "Um bom manejo pré-natal é essencial, não apenas por possitibilitar o nascimento de cordeiros mais saudáveis e com maior potencial produtivo mas também por otimizar o potencial reprodutivo e produtivo das ovelhas. Qualquer neglicência nesta fase, desde a pré-concepção até o parto, pode comprometer o crescimento do cordeiro após o nascimento e reduzir sua resposta a tecnologias como creep feeding, desmame precoce e terminação em confinamento com dieta de alto grão, assim como, afetar a deposição de tecido muscular e adiposo, acarretando em menor eficiência produtiva e, consequentemente, em menor eficiência econômica".

FarmPoint - Como o sistema de terminação com fornecimento de dietas balanceadas com alta energia influencia no rendimento de carcaça?

Daniel - "Sistemas de terminação que trabalham com o fornecimento de dietas balanceadas com alta energia, a exemplo do confinamento, maximizam o crescimento dos tecidos, particularmente, o muscular e o adiposo, resultando em alta quantidade de músculo por unidade de peso corporal e em um acabamento moderado suficiente para proteger as massas musculares contra o frio durante o resfriamento da carcaça e para garantir as características organolétipcas da carne, como sabor, suculência, cor e maciez".

FarmPoint - O que os alunos aprenderão de mais relevante neste curso?

Daniel "Ao longo do curso, os alunos terão uma visão progressiva da produção intensiva de carne ovina, partindo do mercado e da cadeia produtiva até chegar no cordeiro terminado e pronto para o abate. Neste contexto, procuramos chamar atenção para a necessidade do planejamento, da organização empresarial, da aplicação adequada das técnicas de produção e da visão sistêmica e a longo prazo, afim de se obter sucesso nesta atividade".

Daniel também é instrutor do curso online AgriPoint "Produção intensiva de cordeiros: do nascimento ao abate".

Para mais informações sobre este curso, clique aqui!

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade