Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Cadeia Produtiva > Entrevistas

Especial Associações: Arnaldo dos Santos Vieira Filho, da ASPACO

postado em 23/09/2010

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

No Especial Associações desta semana, o FarmPoint entrevistou Arnaldo dos Santos Vieira Filho, presidente da ASPACO (Associação Paulista de Criadores de Ovinos). Arnaldo também é presidente da Câmara Setorial de Caprinos e Ovinos do Estado de São Paulo e vice-presidente da ARCO (Associação Brasileira de Criadores de Ovinos). O Especial Associações é uma iniciativa do FarmPoint que visa conhecer o trabalho e o que as associações de ovinos e caprinos brasileiras vêm fazendo para fortalecer a atividade.

Figura 1 - Arnaldo dos Santos Vieira Filho



FarmPoint - Quais as vantagens e a importância da união dos produtores na comercialização de produtos e/ou animais e na compra de insumo?

Arnaldo - As vantagens do associativismo são claras, um grupo forte e representativo pode conseguir melhores preços nas compras de insumos por estabelecerem maiores quantidades e valores, além da possibilidade de estocagem, etc, e principalmente na hora da comercialização, pois os pequenos e médios produtores, perfil da maioria dos ovinocultores paulistas, não conseguem formar escala de venda de cordeiros com muita facilidade, pois os animais terminados em confinamento, sistema de produção mais utilizado pelos nossos criadores, rapidamente passam do peso ideal de abate devido ao alto ganho de peso diário, daí a dificuldade de se formar escala "dentro de casa". Os criadores dos núcleos regionais se unem para formar as cargas, levando ao mercado animais mais padronizados e conseguindo melhor poder de barganha.

FarmPoint - Quais as dificuldades encontradas hoje pela associação?

Arnaldo - A ovinocultura está engatinhando, muita coisa precisa ser feita para equilibrar e setor e, principalmente, mostrar segurança necessária que permita a entrada de grandes investidores, pois acredito muito na produção de cordeiros em escala, principalmente no Centro-Oeste do País, onde São Paulo será berço de genética de ponta e de produção de carne de cordeiro de altíssima qualidade, com animais extremamente jovens e abatidos precocemente.

Para incentivar a criação é necessário que levemos as informações do setor cada vez mais aos potenciais criadores, mostrando as técnicas de produção e principalmente o potencial de mercado, que mostra um aumento real de consumo de carne per capta, com busca principalmente por carnes leves e saborosas como a carne vermelha do cordeiro. É só questão de produzirmos! Com eficiência, é claro!

Para incentivarmos o consumo, precisamos quebrar paradigmas como as formas de preparo da carne, que como a carne bovina, fica mais saborosa com sal na hora de se fazer ou admitindo qualquer tempero nas mais diversas formas de preparo, e não aquela carne que só serve para churrascos e tem que ser temperada e preparada com antecedência.

Outro fator é a busca pela diminuição do abate informal, sem higiene, carne mal apresentada e a comercialização de animais de descarte sem condições de consumo, pois na maioria das vezes, acaba fazendo com que o consumidor coma "carne de carneiro" (ovelha) em vez do cordeiro, que é o produto a ser consumido da ovinocultura de corte. Esclarecimentos para o público sobre as propriedades e características organolépticas da carne do cordeiro são essenciais para o incentivo do consumo, fazendo com que a dona de casa consuma esta carne em seu dia a dia e não somente em festas como Páscoa e Natal.


FarmPoint - O que vocês tem feito para fortalecer a atividade?

Arnaldo - A criação da Câmara Setorial especial de Caprinos e Ovinos do Estado de São Paulo se constitui, a meu ver, numa grande vitória do setor. Nossa luta é para conseguirmos equilibrar o setor, organizando toda a cadeia produtiva, deixando de lado os interesses próprios, de forma que todos possam ganhar com o desenvolvimento e fortalecimento a ser atingido pela atividade. Outra grande vantagem é sermos parceiros diretos do governo, servindo como órgão consultivo para as tomadas de decisão de nossos governantes. A implantação desta Câmara Setorial é um marco inicial para a implementação de ações concretas, a transição do discurso para a prática, que visam a estruturação da ovinocaprinocultura, tornando-a competitiva e atraente aos investimentos.

FarmPoint - Quais os serviços que a associação oferece a seus associados?

Arnaldo - De um modo geral, a ASPACO atua com o objetivo de promover e fomentar a ovinocultura no Estado de São Paulo, prestando serviços de:

* Orientação na criação de ovinos;
* Orientação na comercialização dos produtos;
* Serviço de Registro Genealógico;
* Promoção de cursos, palestras e dias de campo;
* Promoção e apoio de feiras, exposições e eventos;
* Apoio e execução de programas e planos de interesse ao ovinocultor;
* Realização e apoio de leilões e outros meios de comercialização de ovinos e seus produtos.

Além disso, para melhorarmos a eficiência em nossa prestação de serviço, desenvolvemos os Núcleos Regionais de Criadores da ASPACO, que são "braços" da associação, com o intuito de detectar a necessidade dos produtores mais distantes, orientando-os na produção e comercialização de seus produtos. Em parceria com o Sistema FAESP-SENAR, a ASPACO desenvolveu o "Programa de Capacitação na Ovinocultura" com o intuito de alicerçar os pequenos produtores e trabalhadores rurais na atividade, capacitando-os desde o sistema de criação até o preparo do animal para exposição, passando por todos os manejos necessários, num total de 184 horas distribuídas em 09 cursos.


Confira todas as entrevistas do Especial Associações

Especial Associações: Paulo Schwab da Associação Brasileira dos Criadores de Ovinos (ARCO)

Especial Associações: Aryzone Mendes de Araújo da Associação dos Caprinocultores do Paraná (Capripar)

Especial Associações: Wallace Scott da Associação Paulista dos Criadores de Caprinos (Capripaulo)

Especial Associações: Eduardo Amato da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos Naturalmente Coloridos (ABCONC)

Especial Associações: Carlos Ely Garcia Jr. da Associação Brasileira de Criadores de Ile de France

Especial Associações: Andre Luis Cordeiro, da ACEMA

Especial Associações: Associação de Caprino-ovinocultores da Região de Piracicaba

Especial Associações: Conrado Ernesto Rickli da OVINOPAR

Especial Associações: Luciano Piovesan Leme da NUCCORTE

Especial Associações: Arnaldo Dantas da ASCCO

Especial Associações: Alexandre Toloi, do N.O.B.R.E

Especial Associações: Aurora Gouveia, da Caprileite/ACCOMIG

Especial Associações: Jair Menezes, da APCO

Você participa ou conhece algum núcleo ou associação de ovinos e caprinos? Participe do Especial Associações entrando em contato pelo box abaixo:

Equipe FarmPoint

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade