Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Cadeia Produtiva > Entrevistas

Fernando Miranda: "Incentivamos a integração entre produtor e indústria"

postado em 17/06/2010

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Raquel Maria Cury Rodrigues, analista de mercado do FarmPoint, entrevistou no III Simpósio de Ovinocultura realizado em Dourados/MS Fernando Miranda de Vargas Jr., professor da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD) e coordenador da Câmara Setorial de Ovinocaprinocultura do Mato Grosso do Sul. Na entrevista, Fernando falou sobre o atual mercado da ovinocultura no MS, perfil dos animais do estado e sobre os objetivos do PDI (Plano de Desenvolvimento Institucional) para a cadeia da ovinocultura no MS.

Destaques da entrevista

"O nosso projeto de desenvolvimento institucional para o setor de ovinocaprinocultura teve um enfoque em ovino de corte nesse primeiro momento. Dentro desse enfoque, a câmara se reuniu diversas vezes e tentou elencar por diversas vezes os pontos que não podemos deixar de desenvolver nos próximos 10 anos"

"Para esses 10 anos, está sendo elencado alguns itens que devem começar de imediato e alguns itens que vão ser desenvolvidos de médio a longo prazo. Nesse sentido, um dos primeiros pontos que nós vamos determinar é a produção de um cordeiro padrão, que esteja dentro daquilo que o mercado quer"

"Em relação a redução de tributos para a produção de ovinos, nós estamos conseguindo fazer isso com uma certa facilidade e o governo do estado vem sendo bem parceiro nesse sentido. Outro item é a capacitação de mão de obra, não só a mão de obra dos peões do campo, mas também dos nossos técnicos, pois nós temos muitas pessoas de campo que não têm conhecimento em relação à ovinocultura aqui no estado. É um item que a gente vêm trabalhando com os parceiros da Câmara Setorial"

"Só salientando: fazem parte da Câmara Setorial todos os elos da cadeia, inclusive um dos principais parceiros nosso é o SENAR. Outro aspecto que estamos trabalhando nesse sentido é o associativismo, pois o que nós queremos incentivar mesmo é um sistema de integração entre produtor e indústria. Nós entendemos que sem a integração, a ovinocultura não vai desenvolver"

"Queremos fazer uma integração que já acontece na avicultura e suinocultura, uma integração que a base é a associação, a base é o núcleo de produtores. Esses produtores de forma organizada ou associada, ou em núcleos, vão vender direto ao frigorífico, vão negociar com o frigorífico, não individualmente, e sim, em grupo. Hoje nós temos 3 associações já encaminhadas no estado para executar isso"

"As indústrias estão cientes que quem produzir em épocas diversas, épocas ruins, vão ser pagos por um diferencial e a indústria também vai pagar um diferencial para produtores que vêm de associações, porque a negociação é muito mais fácil. Negociar um caminhão de cordeiros é uma coisa, negociar vinte, trinta caminhões para o ano inteiro é outro assunto, a conversa vai ser diferente e a gente sabe disso"

"O perfil dos animais do MS são: animais lanados e já adaptados ao nosso ambiente, não tem muito o que modificar. O que nós podemos fazer, são sistemas de acasalamento com reprodutores e melhoradores e vender esses cordeiros meio sangue. Esse é um dos projetos que a gente vêm incentivando"

"Eu entendo que o MS vai despontar na ovinocultura porque, condições climáticas e produtores querendo criar, nós temos, agora precisamos organizar essa cadeia"



Equipe FarmPoint

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Comentários

Tobias Marino

Porto Rico - Paraná - Produção de caprinos de leite
postado em 20/06/2010

Gostei muito do PDI da ovinocultura. Gostaria de saber como encaminha-se a produção de leite caprinos no MS. Obrigado

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade