Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Brastexel renova diretoria

postado em 18/09/2008

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O criador de ovinos Texel Enio Müller, da Cabanha Amoras, de Rio Pardo (RS), é o novo presidente da Associação Brasileira de Criadores de Texel (Brastexel), eleito em Esteio (RS), durante a Expointer 2008. A nova diretoria, para o biênio 2008-2010, pretende buscar novas e modernas perspectivas para a raça Texel no Brasil, inserindo-a de forma definitiva no mercado de carne ovina.

A Chapa 2, liderada por Muller, foi apoiada pelo PauliTexel, núcleo paulista de criadores de ovinos da raça Texel, que tem dois representantes na diretoria: Alexandre Estanislau do Amaral (Agrivert Pecuária) é diretor Técnico do Conselho Deliberativo Técnico e Cláudio Marcelo Borja de Almeida (Cabanha São Francisco de Borja), o vice-presidente Regional São Paulo. "Agora é que tudo começa, todos os compromissos assumidos e objetivos a serem alcançados dependerão de todos nós, um presidente sozinho não faz nada", observa Borja.

"A Chapa 2 já nasceu vitoriosa, pois conseguiu reunir um grupo de pessoas ativas e estimuladas pela mudança, das mais diferentes regiões brasileiras. Juntos, vamos trabalhar para consolidar a raça Texel nos mais diferentes pontos do Brasil e, quem sabe, no futuro, no exterior", planeja Muller que anuncia várias novidades em sua gestão. Uma delas é a adoção de exames de antidoping em animais vencedores em feiras. "Queremos garantir a qualidade natural do Texel e possibilitar aos compradores a aquisição de animais com características mais próximas possíveis da realidade e não de produtos construídos para ganharem em pistas", afirma.

Para atuar de forma democrática e transparente, a diretoria pretende abrir o acesso aos associados às reuniões da Brastexel, para discutir o sobre o desenvolvimento da raça. Também planeja alterar as futuras datas de eleições de diretoria para dias em que o maior número de criadores estejam concentrados nas feiras; apresentar balancetes semestrais; adotar o sistema de pagamento de anuidades via cobrança bancária e obter recursos externos para alavancar a atuação da associação no Brasil e no exterior, por meio de patrocínios e parcerias.

Com o objetivo de incentivar a participação dos criadores em feiras interestaduais, a Brastexel quer facilitar o transporte conjunto de animais por rotas rodoviárias pré-estabelecidas entre os Estados. Também pretende ampliar as relações internacionais da Associação, para absorver experiências mercadológicas, técnicas e de manejo, de diferentes países que trabalham eficientemente com a raça. "A idéia é aproveitar as feiras internacionais, onde há mais facilidade para convidar especialistas e criadores de diferentes países e obter patrocínios para esta finalidade", explica Muller.

Outras medidas a serem adotadas pela nova diretoria são a avaliação prévia, nas exposições, da qualidade da lã suja dos animais, assim como eventuais defeitos, de forma a valorizar este que é um dos produtos da raça Texel; criação de condições técnicas de avaliação fenotípica que permitam que os animais sejam examinados de forma precisa quanto à conformação carniceira e cobertura de gordura, com o objetivo de minimizar os aspectos ligados à maquiagem preparatória e outras técnicas artificiais utilizadas para maximizar qualidades naturalmente inexistentes nos animais.

Na parte comercial, a idéia é buscar alternativas para dinamizar os leilões de Texel, melhorando a relação tempo de venda e duração dos leilões e número de animais, além de realizar cadastro de compradores e restrições de compra para inadimplentes, criar formas de pagamentos e descontos, pagamento de comissões e garantia de recebimento por parte das leiloeiras.

As informações são da Revista Fator Brasil, resumidas e adaptadas pela equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade