Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Feinco Preview comemora sucesso

postado em 27/06/2013

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Neste ano, ovinos e caprinos dividiram espaço com os bovinos durante a 19ª Feicorte, realizada entre 17 e 21 de junho, em São Paulo (SP). A maior exposição indoor de pecuária em todo mundo abrigou a Feinco Preview, dedicada ao mercado dos pequenos ruminantes. O evento foi considerado um sucesso, ao reunir mais de 600 ovinos Dorper e White Dorper e 100 caprinos Anglo Nubiano. "Conseguimos integrar duas cadeias produtivas importantes, uma aprendendo com a outra", diz Carla Tucillo, diretora do Agrocentro, que promoveu a Feinco Preview em parceria com a Associação Brasileira dos Criadores de Dorper (ABCDorper).

Logo no primeiro dia, o pavilhão de 4.200 m² ficou movimentado, recebendo, inclusive, a visita de pecuaristas interessados em diversificar. Para esclarecer o público, o evento contou com palestras sobre as enfermidades que podem comprometer a criação. "A ovinocultura trabalha com preços históricos nunca antes experimentados. Esse foi um dos motivos que levaram ao sucesso da exposição", afirma Paulo Franzine, presidente da ABCDorper.

A Feinco Preview foi palco de lançamentos, com destaque ao selo de certificação "Cordeiro Dorper Certificado", que ganhou forma nas mãos do empresário Valdomiro Poliselli Junior, da VJP Alimentos, e será apoiado pela ABCDorper. O selo é auditado pela Aus-Qual através da Genesis Group, que recentemente adquiriu a Brasil Certificação.

Outra novidade muito esperada foi o anúncio do programa de melhoramento genético das raças Dorper e White Dorper, uma parceria entre ABCDorper e Embrapa Caprinos & Ovinos. Um dos objetivos é aumentar cada vez mais a eficiência dos rebanhos com o uso de ferramentas que ajudem a tornar a criação mais rentável. "O mérito genético será expresso pelas DEPs para as características mais importantes", explica Edson Siqueira Filho, da Pecora Agronegócios, responsável pela execução do programa.

Já o Espaço Gourmet, logo na entrada no pavilhão, foi uma atração a parte. Em todos os dias de exposição, os visitantes puderam degustar a carne de cordeiro em diferentes preparos. Em seu comando estava o chef Carlos Soares, segundo latino-americano membro da Academia Italiana de Culinária e um dos cozinheiros particulares do príncipe da Albânia. "Uma semana antes da Feinco Preview preparei um banquete para ele e depois atendi alguns de seus convidados que estavam no Chile. Considero a carne de cordeiro um produto nobre e faço questão de divulgá-la por onde passo. Uma receita que faz sucesso em todo mundo é a nossa paeja de cordeiro, que foi inventada aqui da Feicorte", explica.

A versão mais enxuta da Feinco - Feira Internacional de Caprinos e Ovinos arrecadou R$ 331.760,00 em três leilões e um dos pontos altos da Feinco Preview foi a realização de um concurso de carcaças, cujo objetivo foi dar pistas sobre a qualidade de carne almejada pelo mercado. Participaram 20 animais. “O critério adotado para o ranqueamento foi exclusivamente o rendimento de carcaça, o principal fator de rentabilidade no momento da venda para o frigorífico”, pondera Lucas Heymeyer, diretor da MGM, coordenadora da Feinco Preview.

Entretanto, Gustavo Martini, do Grupo Marfrig, encarregou-se dos comentários técnicos. “Os criadores de Dorper estão de parabéns, pois as carcaças mostraram muita homogeneidade, um pernil com muita carne e uma área de olho de lombo que mostrou um rendimento suficiente para uma excelente desossa”, explicou. Ele aproveitou a ocasião para dar uma dica aos produtores em relação à dieta dos cordeiros, pois ela pode escurecer a coloração da gordura e da carne, um item cada vez mais observado pelo consumidor final.

A carcaça campeã foi de um animal que registrou peso vivo de 38,8 kg e peso morto de 20,2 kg, gerando um rendimento de 52,6%. O segundo colocado alcançou peso vivo de 42,8 kg e 22,2 kg de carcaça, com rendimento de 51,87%. Na terceira colocação o peso de carcaça atingiu 18,5 kg e rendimento de 51,53%.

Palestras

Uma grade técnica também foi formulada para a Feinco Preview, com duas apresentações. O primeiro tema é um grande gargalo na ovinocaprinocultura: as verminoses, palestra a cargo de Octaviano Pereira Neto, da Novartis Saúde Animal. Segundo o especialista, o problema leva a óbito 30% dos borregos dos plantéis comerciais, isso porque os ovinos são atacados por diversos tipos de helmintos simultaneamente. São mais de 13 espécies que atacam estômago, intestino, abomaso e pulmão. Se não bastasse, a principal classe, o Haemanchus contortus, já é resistente à maioria das moléculas existentes no mercado. É o caso da ivermectina, que já mostra ineficiência total em muitas propriedades.

Octaviano Neto dá algumas dicas para o controle estratégico das verminoses, com a aplicação de vermífugos na fase de pré-acasalamento, pré-parto, lactação, desmama e recria, no ingresso dos animais em pastagem ou confinamento e também à chegada da estação chuvosa. Após aplicação do método Famacha para identificação dos animais acometidos, uma recomendação expressa é fazer o “OPG”, exame de contagem de ovos por gramas de fezes, além de evitar a “aquisição de vermes resistentes”, aqueles hospedados em animais adquiridos de regiões em estágio grave de resistência. O gerente técnico também deu muita ênfase em uma nova molécula, a monepantel, que por agir em receptores diferentes dos vermes, vem apresentando resultados satisfatórios.

O cooperativismo também ganhou destaque, com a palestra de Luciano Piovesan Leme e Geraldo Barbosa Júnior, que contaram um pouco da experiência do Núcleo de Criadores de Caprinos e Ovinos das Vertentes e Zona da Mata (NUCCORTE). “Uma das grandes vantagens do cooperativismo é a comercialização coletiva dos animais, aumentado o poder de negociação e a padronização dos lotes”, explicam os executivos. A NUCCORTE organiza para seus associados treinamentos e capacitação, por meio de cursos, palestras, dias de campo, seminários e visitas a criatórios de diversas regiões do país. De acordo com eles, um mercado que a NUCCORTE vem explorando é a venda de cordeiros mais leves para atender a demanda por cortes menores e mais baratos, aumento o volume de cortes de cordeiro nas prateleiras. “Também firmamos uma parceria para fornecimento de leite de cabra para merenda escolar”, comemoram.

As informações são da Assessoria de Imprensa da Feinco, resumidas e adaptadas pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade