Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

PI: raça terá programa de preservação

postado em 20/08/2008

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Durante o Cachaça Fest, foi assinado um acordo de preservação da raça "Maroto" de caprinos entre a Embrapa e a ACCOPAC - Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos e Pequenos Animais e Derivados de Castelo do Piauí.

A raça de caprinos "maroto" só existe no município de Castelo do Piauí e, para não entrar em extinção, foi criado o acordo de preservação. Neste termo, a Embrapa fará a doação a um dos associados, de 10 fêmeas matrizes e 1 macho reprodutor.

O criador deverá ter cuidado para não haver cruzamento dessa com outras raças. Ainda se comprometerá em devolver à Embrapa 10 crias provenientes das matrizes, para que seja feito um novo rodízio.

"A nossa intenção é que com o passar do tempo, a raça maroto pura seja espalhada pela nossa região. Quem sabe, um dia poderemos até mesmo enviá-las para outros estados", finalizou o Sr. Antônio José Tavares de Souza, da localidade Palmeirinha, presidente da ACCOPAC.

A Associação dos Criadores de Caprinos e Ovinos e Pequenos Animais e Derivados de Castelo do Piauí (ACCOPAC) terá uma linha de crédito facilitada junto ao Banco do Nordeste devido ao seu elevado grau de organização. Foi o que declarou o Agente de Desenvolvimento Rural, Iran, a José Francisco, tesoureiro da associação.

Também virá para a associação, empréstimos através do PCPR - Programa de Combate à Pobreza Rural. Essa verba, que será a "fundo perdido", será para investimento em instalações e melhorias para a ACCOPAC. "No Piauí inteiro, apenas três associações estão aptas a participarem deste programa, e a ACCOPAC é uma dessas", completou José Francisco.

As informações são portal Castelense de Notícias.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade