Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Carne de cordeiro melhora perfil de ácidos graxos de alimentos para neonatos

postado em 17/03/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A carne de cordeiro pode melhorar o perfil de ácidos graxos de alimentos comerciais para bebês, de acordo com um novo estudo publicado no Journal of Food Science. As descobertas podem ser especialmente importantes em regiões do mundo, como a Itália, onde o uso da carne de cordeiro como um alimento após o desmame é comum.

Presume-se que a carne de cordeiro, quando usada na dieta pós-desmame em crianças tem uma menor capacidade de causar reações alérgicas do que outras formas de carnes vermelhas. Em crianças com dermatite atópica e múltiplas hipersensibilidades alimentares, o consumo de carne de cordeiro tem também resultado em melhoras clínicas significantes na severidade de lesões eczematosas. A carne de cordeiro também fornece um perfil único de ácidos graxos que parece ser ótimo para o crescimento e desenvolvimento neonatal.

Os resultados sugerem a possibilidade de melhorar o perfil de ácidos graxos de alimentos comerciais para bebês usando carne de cordeiro, mas deve ser tomado cuidados durante o processamento, de forma que os ácidos graxos importantes não sejam perdidos.

A reportagem é do site da Associação Americana da Indústria Ovina (www.sheepusa.org), traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade