Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Comunidade > Fique Atento

CE: pesquisador apresenta vantagens do farelo de mamona destoxificado para pequenos ruminantes

postado em 02/07/2012

Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A destoxificação do farelo de mamona como alternativa para alimentação de pequenos ruminantes é tema da palestra do pesquisador Antonio Silvio do Egito, da Embrapa Caprinos e Ovinos, no dia 3 de julho, no Simpósio de Destoxificação e Aproveitamento de Tortas de Pinhão-manso e Mamona, que acontece na Embrapa Estudos e Capacitação (Brasília-DF).

Egito apresentará os resultados de pesquisas desenvolvidas na Unidade que mostram o bom potencial de proteína do alimento destoxificado para a nutrição de caprinos e ovinos, tornando os resíduos da produção de mamona alternativa eficiente e mais barata, especialmente na região Nordeste, que o uso do farelo da soja.

Pesquisas da Embrapa mostram que o uso do farelo na dieta de caprinos, por exemplo, pode garantir produção média de até um litro e meio de leite por dia. Na Embrapa Caprinos e Ovinos, os estudos são conduzidos em parceria entre as equipes de nutrição animal e de ciência e tecnologia de alimentos, tendo, além de Egito, participação do pesquisador Marco Bomfim.

Egito mostrará, também, informações sobre o processo de destoxificação do farelo desenvolvido pela Embrapa Caprinos e Ovinos - para o qual a Unidade já efetivou pedido de patente - baseado no uso do hidróxido de sódio (soda cáustica). "Trata-se de uma metodologia simples, que o pequeno produtor pode adotar, e aproveitar um alimento disponível: o incentivo do Governo Federal à cadeia do biodiesel traz a possibilidade de aproveitamento de toneladas de material de resíduo da mamona", destacou o pesquisador.

O Simpósio de Destoxificação e Aproveitamento de Tortas de Pinhão-manso e Mamona acontecerá nos dias 3 e 4 de julho, com objetivo de promover debate entre comunidade científica e representantes de diversos setores do negócio da Agroenergia sobre os principais avanços científicos nas estratégias de aproveitamento econômico das tortas de pinhão-manso e mamona. O evento é uma realização da Embrapa Agroenergia (Brasília-DF) e Embrapa Algodão (Campina Grande-PB).

As informações são da Embrapa Agroenergia, adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade