Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Comunidade > Fique Atento

Reunião técnica discutirá estratégias de diferenciação de carne de cordeiro

postado em 05/11/2012

Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Embrapa Pecuária Sul realiza nos dias 05 e 06 de novembro uma reunião técnica do projeto "Desenho de uma estratégia para diferenciação de produtos da agricultura familiar sobre a base de seu vínculo com o território", reunindo em Bagé pesquisadores e técnicos estrangeiros e do país.

Trata-se de um projeto desenvolvido pela Embrapa e pelo Instituto Nacional de Pesquisa Agropecuária da Argentina (Inta) e financiado pelo Instituto Interamericano de Cooperação para a Agricultura (IICA), contando com apoio do Programa Cooperativo para o Desenvolvimento Tecnológico Agroalimentar e Agroindustrial do Cone Sul (Procisur).

O projeto entre a Embrapa Pecuária Sul e o Inta prevê a troca de experiências e a definição de estratégias para a diferenciação de carne de ovinos nos mercados consumidores. Estão sendo desenvolvidas ações que levem a essa diferenciação do cordeiro do Alto Camaquã, região que engloba sete municípios da região Sul do Rio Grande do Sul e do cordeiro da Mesopotâmia argentina, incluindo as províncias de Corrientes e Entre Rios. Participam da reunião, representantes dos centros de pesquisa dos dois países, do instituto de pesquisa agropecuária (Inra) da França, do Ministério da Agricultura, das Secretarias de estado da Agricultura e do Desenvolvimento Rural, do Instituto Nacional de Propriedade Intelectual, dos produtores da Rede Alto Camaquã, comercializadores de carne ovina, prefeituras da região e da sociedade civil organizada.

Embrapa Pecuária Sul

A programação prevê uma visita a um produtor de Pinheiro Machado na segunda-feira pela manhã, e no mesmo dia a tarde debates e discussões sobre os casos do Alto Camaquã e do cordeiro Mesopotâmico. Já o pesquisador francês François Casabianca vai falar sobre a experiência francesa de diferenciação de produtos típicos, servindo de suporte para o debate que se segue sobre as potencialidades das estratégias de distinção da carne de cordeiro.

Já na terça-feira, os participantes da reunião se deslocam até a localidade de Alto Bonito, em Pinheiro Machado, onde mantém um encontro com produtores de diferentes associações da região. Os trabalhos prosseguem nos dias 07, 08 e 09, na cidade de Curuzú Cuatiá, na Argentina.

As informações são do Jornal Folha do Sul, adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade