Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Comunidade > Fique Atento

Unidade da Apta completa 50 anos de pesquisas

postado em 12/11/2008

Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Unidade de Pesquisa e Desenvolvimento da Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (Apta), em Itapetininga, comemora 50 anos com a realização da II Reunião Técnica de Ovinos e Caprinos (Renovici), no dia 13 de novembro. Ligada à Secretaria de Agricultura e Abastecimento e conhecida como Peco - Posto Experimental de Criação de Ovinos, essa UPD foi a primeira instituição pública especializada em pesquisa e fomento para a ovinocaprinocultura no Estado.

A UPD de Itapetininga desenvolve e transfere tecnologias, insumos e conhecimentos para a sustentabilidade de diferentes sistemas de produção de caprinos e ovinos, segundo o chefe da unidade, João Elzeário Castelo Branco Iapichini, e o diretor de pesquisa do Pólo Regional de Desenvolvimento Tecnológico dos Agronegócios Sudoeste, Carlos Frederico de Carvalho Rodrigues. As atividades têm como foco gerar alternativa para a viabilização socioeconômica da agricultura familiar e de outros empreendimentos agropecuários integrados.

A unidade promove a transição, o crescimento e a consolidação da ovinocaprinocultura paulista como agronegócio, por meio de diversas linhas de pesquisa nas áreas de sanidade, reprodução e alimentação e da prestação de serviços técnicos (palestras, consultorias e diagnósticos participativos) para produtores e demais elos da cadeia. Para isso, conta com a parceria de instituições públicas e privadas de ensino e pesquisa, empresas de insumos e tecnologias, cooperativas, associações e prefeituras, além de pesquisadores dos institutos da Apta/SAA.

Também colabora com outras ações da Secretaria, em especial com a Câmara Setorial Especial de Caprinos e Ovinos, vinculada à Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios (Codeagro), e as diretrizes técnicas das linhas de financiamento do Fundo de Expansão do Agronegócio Paulista (Feap) para caprinos e ovinos, além de participar do Fórum Permanente de Desenvolvimento Regional.

Segundo Iapichini e Rodrigues, os trabalhos desenvolvidos buscam o aproveitamento de alimentos alternativos na produção de ovinos e caprinos (palhada de cereais de inverno e sal proteinado na manutenção de cabras leiteiras, silagem de soja na terminação de cordeiros, polpa cítrica na terminação de cabritos, silagem de batata e girassol na produção de ovinos).

A UPD também desenvolve estudos para o incremento de biotécnicas reprodutivas (protocolos hormonais para indução e sincronização de cios, inseminação artificial, transferência de embriões, diagnóstico de gestação por ultra-sonografia e indução do parto), além de projeto de pesquisa em políticas públicas (caracterização sociotécnica de caprinocultores) para determinação da condição sanitária dos rebanhos.

O Governo do Estado está investindo R$ 830 mil no projeto "Peco - Programa de Expansão e Consolidação da Caprinovinocultura Paulista: Políticas Públicas e Pesquisas para o Desenvolvimento Agrofamiliar Regional". Desse montante, R$ 400 mil foram investidos em 2008 e o restante será distribuído entre os dois próximos anos: R$ 200 mil (em 2009) e R$ 230 mil (em 2010).

De acordo com Iapichini e Rodrigues, a implantação do projeto passa inicialmente pela recuperação estrutural e funcional da unidade. Já os subprojetos de pesquisa e desenvolvimento prevêem geração e difusão de material genético, redes de referência para sistemas agrossilvipastoris e alimentos alternativos para a produção de ovinos e caprinos.

As informações são da Assessoria de Comunicação da Apta, resumidas e adaptadas pela equipe FarmPoint.

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade