Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Você está em: Parceiros > Novidades

Intervet alerta: Estratégias de vacinação eficaz contra clostridioses em ovinos

Por Sebastião Faria Intervet
postado em 26/11/2008

Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Importante

Esta seção é reservada aos nossos anunciantes.
As informações veiculadas nesta seção são de caráter comercial e não necessariamente representam o pensamento do conselho editorial do site.

 

As bactérias clostridiais são reconhecidas mundialmente como importantes patógenos que afetam o rebanho ovino. Os ovinos são afetados por diversas das espécies patogênicas de clostrídeos, incluindo Clostridium perfringens tipos A, B, C e D; C. novyi; C. sordellii; C. septicum; C. chauvoei; C. haemolyticum; e C. tetani. Estes organismos clostridiais são, na maior parte, normais na flora intestinal dos ovinos e somente se tornam um problema quando um cordeiro está sujeito a situações de estresse alimentar ou lesão, imposto durante procedimentos normais de manejo, acidentalmente ou por ataque de parasitas.

Estas condições estabelecem um ambiente de crescimento favorável para várias espécies clostridiais, que são responsáveis pela produção de toxinas extremamente potentes e letais para o animal afetado. Estas toxinas são de tal forma mortais e, freqüentemente, o primeiro sinal da doença é a morte, e o tratamento não é uma opção prática para quaisquer clostridioses.

Entretanto, a vacinação preventiva pode ser muito eficaz, pois a imunização do rebanho resulta em produção de antitoxinas potentes. Programas eficientes de vacinação podem reduzir drasticamente o número de perdas resultante de clostridioses. Até o momento, entretanto, tem havido muito poucos estudos direcionados ao aumento da eficiência dos programas de vacinação anticlostridial e sobre como estes programas são afetados por transferência passiva, interferência maternal e duração da imunidade.



Para uma efetiva proteção do rebanho ovino contra as doenças clostridiais, um esquema de vacinação preventivo de ser aplicado na propriedade utilizando vacinas clostridiais inativadas polivalentes que são desenvolvidas para estimular a produção de anticorpos neutralizantes para os principais antígenos patogênicos de cada clostrídeo, conferindo imunidade ao rebanho contra as principais doenças clostridiais.



A utilização de uma vacina com maior número de cepas é a melhor forma de evitar as doenças clostridiais. Com exceção de Clostridium chauvei, vacinas que utilizam toxóides promovem proteção superior, pois induzem à formação de anticorpos especificamente contra as toxinas.

Fatores chave

- A Vacinação com vacinas polivalentes clostridiais pode ser utilizada como um seguro geral contra clostridioses comuns.

- Estratégias de vacinação devem ser desenvolvidas para se ajustarem às estratégias de administração da fazenda e ao risco local para clostrídeos específicos.

- Estratégias de vacinação eficaz minimizam a interferência de anticorpo materno e maximizam a duração da imunidade.

Tire suas dúvidas com a Intervet Schering-Plough pelo box abaixo:

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

 

Importante

Esta seção é reservada aos nossos anunciantes.
As informações veiculadas nesta seção são de caráter comercial e não necessariamente representam o pensamento do conselho editorial do site.

Saiba mais sobre o autor desse conteúdo

Sebastião Faria Intervet    Formosa - Distrito Federal

Mídia especializada/imprensa

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade