Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

A importância da alimentação de ovinos e caprinos de corte

postado em 22/07/2008

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O grande desafio dos ovinocultores é gerenciar a alimentação do rebanho de forma correta, para que este não seja um fator limitante de produção. Sendo assim, é importante que eles saibam quais técnicas devem ser empregadas no manejo nutricional e na formulação de rações, atendendo as necessidades específicas de cada categoria animal e utilizando ingredientes que reduzam os custos com alimentação, sem afetar o desempenho e a eficiência produtiva do sistema.

A nutrição do rebanho é fundamental, pois interfere diretamente no ganho de peso dos animais, na secreção do leite, no trabalho muscular e na acumulação de gordura, tornando necessária a conscientização dos produtores de que o manejo nutricional pode ser o responsável pelo sucesso ou fracasso de qualquer sistema de produção de ovinos.

Atualmente, existem algumas alternativas viáveis que permitem aumentar a eficiência dos nutrientes com custos reduzidos, sendo uma delas a disponibilidade de subprodutos da indústria como a casca de soja, a polpa cítrica e o bagaço de cana-de-açúcar. Outra opção bastante interessante para minimizar o custo proteico das rações é a utilização da uréia. No entanto, estas formas diferenciadas de nutrição devem ser utilizadas com bastante critério, para que o risco de intoxicação dos animais não se eleve.

Para aprender como balancear corretamente a alimentação de ovinos e caprinos, você pode se inscrever no curso online da AgriPoint, que tem inicio no dia 24 de julho, sobre "Princípios da nutrição em ovinos e caprinos de corte". Este treinamento é principalmente destinado aos profissionais que estão iniciando uma produção de ovinos e caprinos de corte, ou que já tenham vivência com a atividade, e procuram informações essenciais sobre este assunto.

Este curso será instruído por dois especialistas em nutrição de ovinos e caprinos. Um deles é o engenheiro agrônomo Clayton Quirino Mendes, M.Sc., e doutorando do Programa de Ciência Animal e Pastagens da ESALQ, que desenvolve pesquisas na área de produção e nutrição de ovinos e caprinos. O outro é o zootecnista Rafael Camargo do Amaral, mestre em Ciência Animal e Pastagens pela Universidade de São Paulo (ESALQ/USP), e atualmente doutorando em Ciência Animal e Pastagens pela mesma instituição, onde desenvolve pesquisas na área de conservação de forragens e nutrição de ruminantes.

Durante os 5 módulos deste curso os alunos vão aprender detalhadamente quais são os tipos de alimentos utilizados na nutrição de ovinos e caprinos, a utilização de pastagens e volumosos suplementares, o correto manejo nutricional de matrizes e reprodutores, e ainda as estratégias de alimentação para animais jovens.

Conheça os 5 principais motivos para você realizar este curso clicando aqui.

Para saber mais detalhes sobre este curso acesse a página "Princípios da nutrição em ovinos e caprinos de corte" e inscreva-se agora mesmo!

www.agripoint.com.br/nutricao-ovinosecaprinos

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

Avalie esse conteúdo: (3 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade