carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Leandro Coelho fala sobre Controle de Plantas Invasoras em Pastagens

postado em 12/11/2014

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Quando o manejo de pastagens é adequado pode aparecer invasoras que comprometem a qualidade e produtividade das pastagens. Para tratar deste assunto de extrema importância, convidamos o professor da Unesp de Ilha Solteira, que atua na área de Forragicultura e Pastagens, Leandro Coelho, para ser o instrutor do Curso Online "Plantas Invasoras: impacto e controle para alta produtividade em pastagens". Ele formou em Zootecnia (UFT) fez doutorado em Ciência Animal e Pastagens (ESALQ).



Confira na entrevista abaixo, o que Leandro destaca como importante para obter uma pastagem com alta produtividade focando, principalmente, no controle de plantas invasoras.

Que fatores considera importante para obtenção de uma excelente pastagem?
É durante a implantação de uma pastagem que determinamos o seu sucesso ou fracasso. Desta forma, os procedimentos corretos de correção da acidez, fertilidade do solo, escolha adequada da espécie forrageira, assim como, a adoção de métodos de controle de plantas invasoras durante esta fase, são fundamentais. A adoção de técnicas adequadas para o manejo do solo e da pastagem garantirão a perenidade da forrageira.

Quais os prejuízos de um pasto com plantas daninhas? Qual a importância de seu controle?
Um dos prejuízos é a redução na área pastejada pelos animais, devido à rejeição em consumir a pastagem que está próxima a base das plantas invasoras (principalmente as plantas com espinhos). Além deste fator físico, a presença de plantas tóxicas pode acarretar redução do ganho de peso, problemas reprodutivos como o aborto e até mesmo a morte dos animais.

Que práticas acarretam aumento da incidência de plantas invasoras?
Podemos citar como principais práticas a não realização da correção da acidez e fertilidade do solo, plantio em época imprópria para a região, taxa de semeadura incorreta, manejo do banco de sementes inadequado e adoção de práticas de controle de plantas invasoras impróprias para a ocasião. Assim, a adoção correta de práticas de manejo que solucionam estes problemas, contribuirá para a redução da incidência de plantas invasoras em uma pastagem.

Quais os principais erros cometidos nas propriedades em relação ao controle de plantas daninhas?
Um dos primeiros erros é a má formação das pastagens, que em muitas situações já "nascem" em processo de degradação, ficando muito suscetível a infestação. Outro erro é não saber qual o método mais adequado de monitoramento de plantas daninhas, assim como a melhor época de controle.

Qual a importância de conhecer as características das plantas invasoras antes de escolher os métodos de controle?
Identificando a espécie invasora, podemos obter o conhecimento correto sobre o seu ciclo de vida, hábito de crescimento, forma de dispersão e grau de competição. Somente com o conhecimento destas características é possível determinar o método de controle mais eficiente.

O que o produtor precisa saber para escolher o método de controle adequado?
Além do conhecimento sobre a biologia da planta invasora (citado anteriormente), o produtor também deverá ter noções básicas sobre a biologia da planta forrageira que ele possui e o seu adequado manejo, bem como o nível de infestação da pastagem.

Pensando em sustentabilidade ambiental, que método de controle agride menos o meio ambiente? Tem alguma desvantagem em relação aos demais métodos?
Na verdade, não será o método em si que agredirá o meio ambiente e sim a escolha incorreta da forma de controle que, associado ao uso indiscriminado, poderá levar a danos ambientais muito graves como incêndio e contaminação de lagos, rios e do lençol freático. Assim, cada método terá vantagens e limitações que serão inerentes em cada situação.

O que o produtor, ou técnico, poderá aprender de mais importante neste curso?
Os pontos mais importantes são a correta identificação das plantas invasoras, caracterização da pastagem quanto ao nível de infestação e adoção apropriada para o seu controle. Assim como os conceitos e aplicação dos procedimentos que envolvem cada método de controle como os preventivos, culturais, mecânicos, físicos, biológicos e químicos. Também serão abordadas técnicas de manejo da pastagem e as principais situações que favorecem o aparecimento de plantas invasoras.

O Curso Online "Plantas Invasoras: impacto e controle para alta produtividade em pastagens" já esta no ar, mas você ainda pode se inscrever. Clique aqui e participe!

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade