Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Vale a pena utilizar silagem para suplementação volumosa?

Por Antony Hilgrove Monti Sewell
postado em 27/08/2015

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Muito se fala sobre suplementação do rebanho, principalmente na época seca do ano. Os animais, no Brasil, são mantidos basicamente a pasto, por ser um manejo mais fácil e econômico. No entanto, quando o período chuvoso cessa, fica a indagação quanto à melhor forma de arraçoamento: o que fornecer aos animais? Capineiras, feno, silagem?

Quando se fala em silagem existe sempre a dúvida quanto ao custo de sua produção. Os produtores questionam se vale à pena o esforço dispendido e os recursos empregados nesta atividade. E a resposta para isso é simples: qual o retorno que o processo de ensilagem vai dar ao negócio como um todo?

Qualquer atividade deve ser precedida de um rigoroso planejamento. Isto vale para tudo e não seria diferente no campo. Todos os custos devem ser mensurados, os investimentos muito bem dimensionados e as operações agrícolas muito bem programadas. Só assim o produtor poderá ter sucesso. Se o preço por tonelada do material ensilado parecer alto, mas der retorno em forma de carne, leite ou outro produto, então o objetivo foi alcançado. Não há receita sem despesa.

É comum a gente escutar que os animais recusaram a ração. E a culpa de quem é? Da silagem. Pode ser, mas qual a razão disso? Processo de ensilagem mau feito. Do início ao fim ou em uma determinada etapa da atividade. Desde o preparo do solo até o fechamento do silo, passando pela escolha do volumoso e pelas operações agrícolas, tudo deve ser cuidadosamente executado. Aí vão algumas dicas: tamanho de corte da partícula, compactação, uso de inoculantes apropriados, fechamento do silo o mais rapidamente possível.

O produtor precisa estar atento aos detalhes que fazem da ensilagem a melhor forma de suplementar um rebanho. Mas, para que isto ocorra, é necessário que o produtor tenha em mãos respostas para os seguintes questionamentos:

- Qual o objetivo do fornecimento do volumoso: é para manutenção, para recria, para engorda e terminação, para a produção de leite ou outros?

- Qual a categoria animal e por quanto tempo a mesma será suplementada e qual o nível de inclusão do volumoso na dieta total?

- Qual a infraestrutura necessária para cada tipo de forrageira?

- Quais serão as consequências da escolha sobre os demais setores da propriedade?

As respostas corretas a estas questões é que darão segurança ao produtor de que ele está fazendo o certo!

Para auxiliar os produtores e técnicos a encontrarem estas respostas, estamos trazendo em nossa programação o Curso Online "Produção Econômica de Silagem" , que começará no dia 18/09. O instrutor deste curso será Antony Sewell sócio e consultor da Boviplan Consultoria, que responderá as dúvidas dos alunos durante todo o período do curso.
Para conferir a programação e garantir sua vaga clique aqui!

Ou entre em contato:
cursos@agripoint.com.br
(19)3432-2199
Whatsapp (19) 99817- 4082
 

Entre em contato com o autor deste artigo através do formulário abaixo!

deve ter o formato de 10 a 11 dígitos (ddd + telefone ou 0800, 0300, etc.)
Por favor digite o código de verificação contido na caixa ao lado:

3000 caracteres restantes

 

Direitos reservados

Este artigo é de uso exclusivo do FarmPoint, não sendo permitida sua cópia e/ou réplica sem prévia autorização do portal e do(s) autor(es) do artigo.

Saiba mais sobre o autor desse conteúdo

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2018 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade