Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Ajude o produtor: "Meu reprodutor apresentou prolapso retal, e agora?"

postado em 06/12/2012

30 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O produtor de ovinos Wellington Simões do Nascimento enviou uma dúvida ao FarmPoint: "Comprei um animal da raça Dorper de 4 meses para usá-lo como reprodutor mas o animal apresentou prolapso retal. Estou sem saber o que fazer. Após consulta com um médico veterinário, o mesmo me orientou a abater o animal, pois alegou que o problema não tem cura e se caso tivesse, o problema poderia contagiar os filhos que ele produzisse".

Participe contando a sua experiência e ajude o leitor.

O FarmPoint desde já agradece a sua participação!

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Comentários

Denis dos Santos

Santa Maria - Rio Grande do Sul - Estudante
postado em 06/12/2012

No seu caso, você infelizmente terá que abater o animal, para que não ocorra uma infecção maior.

Rafael Baggio - Médico Veterinário

Curitiba - Paraná - Produção de ovinos de corte
postado em 06/12/2012

Prezado Sr Welligton,

Com relação ao fato de ter que abater, considero por enquanto uma atitude precipitada em virtude do valor do animal. Eu particularmente, só tomaria essa decisão dependendo da gravidade do prolapso, depende muito do quanto já saiu do reto e quanto já está contaminado.

Havendo possibilidade de recolocá-lo, sugiro realizar uma limpeza e curetagem anteriormente, seu veterinário saberá fazer caso necessite. Porém, caso tenha saído uma porcão muito grande do reto, a saída será abate-lo realmente, se não o animal sofrerá demais e não terá muito o que fazer.

Com relação a disseminação do problema para os cordeiros, isso realmente pode acontecer, mas não é uma regra, depende muito também da dieta fornecida aos cordeiros.

OBS: Deixo aqui uma sugestão para o Farmpoint possibilitar a inserção de fotos desses problemas para que possamos aprender juntos e orientar melhor os participantes das enquete e o produtor.

O que acham?

Abracao


Raquel Maria Cury Pereira

Piracicaba - São Paulo - Mídia especializada/imprensa
FarmPoint - postado em 06/12/2012

Olá Rafael, bom dia!

Obrigado por suas colocações. Vamos começar a pedir fotos desses casos para ilustrar e até ajudar na identificação do problema. Obrigado pela dica.

Abraços e continue participando!

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade