carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

AL: diagnóstico da cadeia produtiva de ovinocaprinocultura é lançado em Maceió

postado em 06/12/2013

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Em uma noite gastronômica, realizada na última terça-feira (03), representantes do Governo do Estado e de instituições parceiras estiveram reunidos para o lançamento da série Cooperação Brasil e Espanha para o Desenvolvimento de Alagoas. Entre os livros da série está o Diagnóstico da Cadeia Produtiva da Ovinocaprinocultura do Estado de Alagoas, que tem o superintende de Inclusão Produtiva da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário, Luciano Barros, como um dos autores.

No evento, também foram lançados os livros Plano Estadual de Ciências, Tecnologia e Inovação de Alagoas e o Modelo de Gestão e de Inteligência Competitiva para Organismos Produtivos do Estado de Alagoas.

Para Luciano Barros, o sentimento é de orgulho por participar desta parceria. “Esta publicação é o resultado de um trabalho sério e comprometido que fizemos, pensando em identificar o cenário local destas cadeias produtivas e buscar o desenvolvimento de ações estratégicas que venham fortalecê-las. Tenho orgulho de ter feito parte desta obra e de ter a oportunidade de desenvolver um trabalho de qualidade junto aos parceiros”, destacou Luciano Barros.

O Diagnóstico da Cadeia Produtiva da Ovinocaprinocultura do Estado de Alagoas foi desenvolvido pela Agência Espanhola de Cooperação Internacional para o Desenvolvimento (Aecid), o Instituto Ambiental Brasil Sustentável (IABS), a Agência Brasileira de Cooperação e a Seagri.

AL: diagnóstico da cadeia produtiva de ovinocaprinocultura é lançado em Maceió

“Os resultados dos trabalhos apresentados neste diagnóstico subsidiarão as decisões e estratégias a serem conduzidas pela administração estadual no que se refere à busca do desenvolvimento da cadeia produtiva de ovinocaprinocultura, dinamizando ainda mais o setor agropecuário de Alagoas”, disse o secretário de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário, José Marinho Júnior.

Por meio do convênio com a Aecid, foram promovidas ações de difusão de tecnologias de acesso à água, como a construção de cisternas, no âmbito da agricultura, além da participação na reestruturação do Centro Xingó de Convívio com o Semiárido.

“Este dia marca o resultado de um bom trabalho desenvolvido com muito empenho por espanhóis e alagoanos e a amizade que foi construída entre estes dois povos. Sem dúvida, temos que honrar esta parceria”, frisou o embaixador da Espanha no Brasil, Manoel d’La Câmara Hermoso.

A parceria com a Aecid gerou bons resultados para várias áreas do Estado, frutos de trabalhos desenvolvidos em diversas secretarias ou instituições como a Secretaria de Estado da Ciência, da Tecnologia e da Informação (Secti), Secretaria de Estado da Pesca e Aquicultura (Sepaq), Secretaria de Estado do Turismo (Setur) e a Agência Desenvolve, entre outras.

“Todas as metas foram alcançadas e por isso mostramos a semelhança com o povo espanhol que é saber lutar, trabalhar e vencer”, finalizou o vice-governador do Estado José Thomaz Nonô.

A reportagem é da Agência Alagoas, adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Daniel Pimentel Gomes

Fortaleza - Ceará - Produção de caprinos de leite
postado em 11/12/2013

que grande ideia e de grande valia pra nós nordestinos.queria saber como podemos adquerir um exemplar desse estudo.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade