carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Andrade comemora aprovação de projeto que cria Anater

postado em 22/11/2013

6 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Andrade comemora aprovação de projeto que cria Anater

Pequenos e médios produtores rurais serão beneficiados com o projeto de lei da Câmara (PLC) nº 81/2013 aprovado nesta semana pelo Senado Federal.

O PLC que autoriza criar a Agência Nacional de Extensão Rural (Anater) e que tem como um dos coautores o ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Antônio Andrade, é um grande avanço para os médios e pequenos produtores rurais na formação de políticas públicas nacionais e bem estruturadas para o setor para o setor.

“A Agência será muito importante, pois a partir dela, a extensão rural terá políticas nacionais bem definidas. Os extensionistas rurais vão prestar assistência aos micros, pequenos e médios produtores nos mais longínquos grotões do Brasil, levando tecnologia e informações como forma de aumentar a produção e a lucratividade. Isso auxiliará a ampliar a participação da agropecuária ainda mais na economia brasileira”, explica o ministro.

A Anater vai coordenar os serviços e as políticas a serem prestados pelos extensionistas, contribuindo especialmente para a elevação da produção.
 
As informações são do MAPA, adaptadas pela equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Miqueias Michetti

Santana do Itararé - Paraná - Pesquisa/ensino
postado em 22/11/2013

Como será o modelo de contratos com a Anater ? espero que funcione ...

marcelo erthal pires

Belém - Pará - Produção de leite
postado em 22/11/2013

Do Governo
para os pecuaristas, que vem lutando para se manter "de pé", com a falta de mão de obra, com exceções, mas muitas vezes, as assistência técnica deixa a desejar(resguardada, honrosas pessoas abnegadas), juros impagáveis, altos impostos nos insumos, estradas péssimas ...
Vamos aguardar para ver e depois emitiremos algum parecer !

      Que Deus nos ajude ! Com este podemos contar !

joao btista jesus de abreu

Jóia - Rio Grande do Sul - Produção de leite
postado em 23/11/2013

  veio tarde mais melhor tarde do que nunca.

Edemar de Assis da Silva

São Joaquim São José - Santa Catarina - Consultoria/extensão rural
postado em 25/11/2013

É o governo acordando, é sabido que nossa vocação é de produção de alimento. Temos milhares de novos profissionais formados ou se formando nas universidades e cursos ténicos.

Valmon Lucas Dida

Cuiabá - Mato Grosso - Instituições governamentais
postado em 25/11/2013

Esperamos que na direção dessa Agência, possa ser indicado alguém com meritocracia ou seja um técnico experiente e comprometido realmente com a "Extenção Rural",  e não, mais uma simples e errônea indicação politico- partidária.
Estaremos de olho!
Saudações ruralinas.

Valmon Brasil/Cuiaba/MT
Lic. em Ciências Agrícolas
Msc. em Agricultura tropical

José Carlos Azevedo

Itaperuna - Rio de Janeiro - Produção de leite
postado em 25/11/2013

A criação da ANATER, se for para continuar com o sistema burocrático de tantas outras criadas para atender ao pequeno e médio agricultor, estaremos e continuaremos fritos. Em verdade o que se vê hoje é uma lacuna no que diz respeito aos projetos de melhorias  àqueles que realmente necessitam; deveria, Sua Excia., o Ministro, antes consultar a quem de direito e propósito para aplicar e praticar os benefícios que nos façam produzir o equivalente pelos nossos esforços e não um sistema burocrático ultrapassado com um único objetivo:  criar empregos para os parentes, verdadeiros sangue-sugas . O que vem sendo óbvio nos últimos anos é a falta de respeito com os Agricultores que de fato produzem em pequena e média escala.  Precisamos, sim, de pessoas desprovidas de vínculos burocráticos, hoje tão fácil de encontrar quando se labora, mesmo com tantos sacrifícios e meios próprios à base de capital disponível tão caro, que temos de enfrentar custe o que custar.
Já estamos calejados e aviltados por estes propósitos maléficos do Governo, hoje seja  ele qual for, Federal, Estadual e Municipal.
Até quando?
José Carlos Azevedo - Pequeno Produtor de Leite.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade