Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

ARCO passa a registrar, através de portaria do MAPA, a raça Dohne Merino

postado em 23/03/2012

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (ARCO), foi autorizada pelo Ministério da Agricultura, através da Portaria nº 0090 de 14 de fevereiro de 2012, a realizar o registro genealógico da raça Dohne Merino.

A raça rústica, de dupla aptidão, teve origem na África do Sul, através do cruzamento das raças Merino Pepin e Merino Alemão. A seleção, iniciada em 1970, foi realizada baseada em testes de performance, provas de progênie e registro de produção, sendo hoje uma das raças laneiras líderes na África do Sul e de notável crescimento, também na Austrália.

Entre as principais características estão, sua grande fertilidade (110% - 150%) juntamente com altas taxas de crescimento dos cordeiros (350g por dia até o desmame) fazem do Dohne Merino um eficiente produtor de carne, os cordeiros para abate atingem no mínimo 40 Kg entre 04 e 06 meses de idade, o peso das ovelhas varia de 55 a 65 Kg e produzem de 04 a 06 quilos de lã de alta qualidade, com 19 a 22 micras.

Outra importante característica da raça Dohne Merino é a sua adaptabilidade, sendo uma raça rústica vinda de uma região de chuvas de verão e pastagens nativas, adaptando-se a várias condições climáticas e ambientais, desde sistemas intensivos de produção até regiões áridas extensivas. Ressaltando-se o fácil cuidado, pois é uma ovelha sem rugas e com a cara totalmente isenta de lã, resistente ao rompimento e coloração amarela nas fibras.

Maiores detalhes sobre o Padrão Racial do Dohe Merino são encontradas no site da ARCO, no link http://www.arcoovinos.com.br/index.asp?pag=padroes.asp

As informações são da Associação Brasileira de Criadores de Ovinos (ARCO), adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Délvio Luiz Rodrigues Berriel

Alegrete - Rio Grande do Sul - Ovinocultor
postado em 23/03/2012

Seria possível uma foto de algum exemplar da raça?

Essa raça seria a realidade do sonho da gauchada que gosta de cordeiro com carcaça sem abrir mão da produção de lã, característica marcante no RS?

Délvio Berriel

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade