Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

ARG: Senado vota hoje aumento de impostos

postado em 16/07/2008

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Dois grandes atos nas ruas de Buenos Aires marcaram a véspera da votação, no Senado, do projeto que aumenta os impostos sobre as exportações de grãos, motivo do conflito entre governo e ruralistas há quatro meses.

O presidente das Confederações Agrárias Argentinas, Mario Llambías, pediu que os senadores "ponham ovos (tenham colhões) e votem a favor do povo". Do outro lado, o ex-presidente Nestor Kirchner, que liderou o ato governista, relacionou os ruralistas à repressão da ditadura.

Em nome da mulher e atual presidente, Cristina Kirchner, ele defendeu o aumento de impostos, mas afirmou que é o Congresso quem terá a decisão final.

Segundo notícia do jornal gaúcho Zero Hora, ontem à noite, imprensa e os dois lados da disputa contavam que as intenções de votos estariam praticamente empatadas. Ainda há senadores indecisos.

Se o projeto do governo for aprovado, os líderes ruralistas afirmaram que vão recorrer à Justiça como última opção. Caso seja rejeitado, há quatro projetos alternativos que poderiam ser discutidos pela Casa. No caso de empate, a decisão cabe ao vice-presidente, Julio Cobos, também presidente do Senado, cuja posição é incerta.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade