Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Argentina: novos protestos do setor rural

postado em 05/02/2009

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Os produtores rurais argentinos, em conflito com o governo desde o ano passado devido à política de elevar imposto sobre as exportações, poderão realizar neste mês um novo protesto para pedir apoio frente a uma forte estiagem que está destruindo as lavouras e matando os animais.

Mas os danos provocados pela seca preocupam muitos produtores, que consideram a ajuda anunciada pelo governo - principalmente através de benefícios fiscais - insuficiente e pedem a suspensão dos impostos sobre a exportação. "O mal-estar é crescente e as soluções demoram demais para aparecer. Isso desencadeia um iminente protesto agrário", garantiu ontem Ulises Forte, vice-presidente da Federação Agrária Argentina, uma das quatro associações rurais em confronto com o governo.

As entidades agropecuárias ainda devem decidir em assembléias a forma e a data dos protestos, e não descartam voltar a realizar paralisações comerciais. "Não seria de se surpreender se na segunda quinzena de fevereiro começarmos com alguma medida de força", disse Forte à Reuters.

No ano passado, a disputa entre produtores rurais e o governo paralisou as exportações de grãos e afetou a atividade econômica local. O conflito se iniciou por uma iniciativa da presidente Cristina Kirchner de elevar o imposto sobre as exportações de soja.

As informações são do jornal Gazeta Mercantil, resumidas e adaptadas pela equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade