Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

AUS: produção de carne de cordeiro cresce em julho

postado em 13/09/2010

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A produção de carne de cordeiro da Austrália no mês de julho aumentou 2% com relação ao ano anterior, para 31.331 toneladas, de acordo com dados do Australian Bureau of Statistics. As melhores condições climáticas impulsionaram os pesos médios das carcaças de cordeiros para 21,76 quilos por cabeça, 7% a mais que no ano anterior, fator que compensou a queda de 5% nos abates, para 1,4 milhão de cabeças.

Até o mês de julho, a produção total caiu 6%, para 233.726 toneladas, com um aumento de 5% no peso médio das carcaças, para 21,83 quilos por cabeça, compensando um pouco a queda de 11% nos abates, que foram de 10,7 milhões de cabeças.

Western Australia e Queensland foram grandes exceções em relação a queda nos abates, com aumentos de 5%, para 127.601 cabeças, e 69%, para 36.357 cabeças, respectivamente. As condições de seca em Western Australia forçaram muitos produtores a reduzirem seus rebanhos. Os abates de Queensland aumentaram com relação a uma base relativamente baixa no ano passado.

A reportagem é do Meat and Livestock Australia (MLA), traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade