Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Austrália: exportações de ovinos vivos ao Oriente Médio serão retomadas

postado em 27/09/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O comércio de ovinos vivos da Austrália ao Oriente Médio deverá ser retomado. O Departamento Federal de Agricultura concedeu a três companhias permissões para exportar cerca de 190.000 ovinos e 400 bovinos.

As licenças tinham sido suspensas recentemente após problemas com envios de ovinos a Bahrain e Paquistão. Bahrain rejeitou 21.000 ovinos, alegando que os animais tinham escamas na boca e o Paquistão os aceitou, mas depois alegou que eles estavam doentes.

Mais de 1.000 animais foram descartados antes mesmo de um médico veterinário declarar que os animais estavam livres de doenças infecciosas e dizer que eles poderiam ser abatidos para a produção de carne. O envio tinha sido feito pela companhia Wellard, de Fremantle. O Departamento de Agricultura disse que impôs requerimentos adicionais de saúde e bem-estar animal aos exportadores.

O diretor gerente de exportações rurais do Wellard, Mauro Balzarini, disse que eles cumprirão com as novas condições. "Algumas das condições são comerciais e estão entre nós e o departamento. Existem algumas checagens extras que eles querem fazer nos animais, é um pouco de gestão de risco, mas nada impossível de se cumprir".

O presidente da Associação de Exportadores de Animais de Western Austrália, John Edwards, disse que também aprova a medida. "As aprovações são notícias muito boas para nossos produtores e exportadores", disse ele. "Nós só precisamos ter o negócio funcionando novamente e ter o comércio funcionando, porque temos animais acumulados lá que já estão prontos para o envio e é nisso o que a indústria precisa se concentrar agora".

A reportagem é do www.abc.net.au, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade