Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

BA: Muquém do São Francisco terá frigorífico regional

postado em 05/08/2010

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Localizado na região Oeste da Bahia, distante 729 km de Salvador, o município de Muquém do São Francisco terá um moderno frigorífico para atender a demanda regional. Num empreendimento do pecuarista Jaime Oliveira do Amor, o FRIJOA deverá custar ao proprietário aproximadamente R$ 10 milhões, gerando depois de pronto, 125 empregos diretos e outros 500 indiretos. Com data prevista para iniciar as atividades em fevereiro de 2011, o frigorífico terá capacidade de abater 500 animais/dia, entre caprinos, ovinos, bovinos e suínos.

A região em que Muquém está inserida compreende mais de 20 municípios e é detentora de um grande rebanho que, devido a inexistência de abatedouros e frigoríficos, enfrenta sérios problemas para cumprir a portaria 304 do Ministério da Agricultura, que regulamenta o abate de bovinos, caprinos e ovinos. A ideia do proprietário é abranger vários municípios, entre os principais estão: Irecê, Xique Xique, Morpará, Ibotirama, Paratinga, Sítio do Mato, Wanderley, Cotegipe, Buritirama, Muquém do São Francisco, Mansidão e Brejolândia.

Segundo Jaime do Amor, o foco principal do frigorífico será prestar serviços de abate para os pecuaristas dos municípios vizinhos. "Estamos colaborando com a saúde pública regional ao evitar que as pessoas continuem consumindo carne proveniente de abate clandestino. Nosso próximo passo será, em parceria com a Adab e o Ministério Público, promover reuniões de conscientização junto aos proprietários de açougues desses municípios. Para facilitar, estaremos praticando preços diferenciados, condizentes com a realidade regional", concluiu o empresário rural.

A reportagem é do Jornal Nova Fronteira, resumida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade