carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Brasil duplica compras de carne ovina uruguaia

postado em 08/07/2013

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O Brasil se converteu nos últimos anos como o principal comprador de carne ovina do Uruguai e sua demanda crescente tem cada vez mais incidência na determinação do preço pago ao produtor uruguaio, tanto de cordeiros, como das categorias adultas. Essa tendência se acentuou nos primeiros cinco meses de 2013, quando, segundo dados do Instituto Nacional de Carnes do Uruguai (INAC), o Brasil mais que duplicou as compras com relação ao mesmo período do ano anterior.

Dessa forma, as vendas de carne ovina ao Brasil entre janeiro e maio passado alcançaram 3.116 toneladas, o que representou 45% das exportações totais expressas em peso carcaça, com um faturamento de US$ 13,4 milhões. Segundo a publicação “El mercado de la carne ovina”, do Secretariado Uruguaio de Lã (SUL), o Brasil se transformou no principal comprador em volume e também reporta um valor médio por tonelada que está entre os mais altos, segundo países de destino.



As compras do Brasil entre janeiro e maio passado ficaram em média em US$ 4.303 por tonelada, situando-se US$ 650 acima da média geral e US$ 1.300 por tonelada acima do valor pago pela União Europeia (UE).

A reportagem é do El Observador, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade