Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Câmara Setorial: Núcleo contribui para o setor

postado em 23/10/2009

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Na sexta-feira, dia 9, o Núcleo Sudoeste Paulista de Ovinocultores (NSP/Avaré), marcou presença na 22ª EXPOVELHA e 5ª EXPOCABRA, na cidade de Lençóis Paulista. Na visita técnica, os membros do Núcleo, Sidney Primos, Aristides Garcia e Marcelo Piagenttini acompanhados do professor Henrique Picanço e mais doze alunos do curso de agropecuária da ETE José Esteves, de Cerqueira César, participaram de importante reunião da Câmara Setorial de Caprinos e Ovinos, promovida pela Coordenadoria de Desenvolvimento dos Agronegócios - CODEAGRO, da Secretaria de Agricultura e Abastecimento do Estado de São Paulo.

Recepcionados por Arnaldo dos Santos Vieira Filho (Dindo), presidente da Câmara Setorial de Caprinos e Ovinos e presidente da Associação Paulista dos Criadores de Ovinos (ASPACO), Daniela Becker Birgel, secretária executiva da Câmara Setorial e Nelson Pedro Staudt, secretário geral das Câmaras Setoriais, o grupo percebeu o grande interesse da Câmara Setorial e da própria ASPACO pelo Projeto de Confinamento Coletivo de Cordeiros, realizado em parceria entre o Núcleo e a ETE José Esteves.

Durante as palestras realizadas na reunião, todos profissionais fizeram questão de frisar a importância da iniciativa do Núcleo Sudoeste Paulista e da Escola Técnica de Cerqueira César, pois entendem que a mão-de-obra que está sendo formada é de importância fundamental para o desenvolvimento do setor na região. "No Estado ainda não surgiu nada igual. Por isso, todos estão de parabéns pelo trabalho", ressaltou o presidente da Câmara Setorial.

Outros temas discutidos na reunião foram o Programa de Certificação de Carne (ARCO), indicadores de preços de cordeiro em São Paulo, balanço das atividades dos Núcleos Regionais de Criadores de Ovinos e Caprinos, Projeto Fapesp - ASPACO/Unesp e demais assuntos de interesse da Câmara Setorial, dos Núcleos e criadores.

Para Henrique Picanço, que é o coordenador do Confinamento Coletivo junto à ETE, a parceria com o Núcleo Sudoeste Paulista contribui decisivamente para a formação acadêmica dos alunos do curso de agropecuária, geração de mão-de-obra especializada para região e para a conscientização do produtor rural de que a ovinocaprinocultura é uma excelente opção de diversificação da produção na propriedade, além de ser uma boa fonte de renda e ocupação de espaços antes ociosos.

Sidney Primos, presidente do Núcleo Sudoeste Paulista afirmou que o próximo passo da entidade é tentar firmar uma parceria com o EDR/CATI/Regional Avaré para difusão das técnicas de manejo, planejamento e gestão do negócio junto aos produtores rurais interessados, aumentando a assistência técnica e a extensão rural neste setor. "Temos um potencial enorme para a produção de carne de cordeiro de qualidade e, certamente, com o apoio da CATI e da Secretaria de Agricultura do Estado de São Paulo e outros parceiros como o SENAR/SP e Sebrae/SP, poderemos avançar ainda mais na estruturação desta importante cadeia produtiva de nossa região", explicou Primos.

As informações são da Aspaco, adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade