Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

CE: Embrapa inicia capacitação em ovinocultura de corte para técnicos do Senar

postado em 27/03/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Começou na manhã de ontem (26), no Auditório Central da Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral/CE), o curso de capacitação continuada sobre ovinocultura de corte que a Embrapa ministrará a técnicos do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. Nesta semana, de 26 a 30, os técnicos participarão do primeiro módulo, sobre sistemas de produção de ovinos de corte. Até o fim de 2012 serão outros dois módulos para a mesma turma, com palestras e atividades práticas que incluem visitas a propriedades rurais e aulas em campo.

Na abertura, o pesquisador Vinícius Guimarães, da Embrapa Caprinos e Ovinos, abordou a necessidade de técnicos terem uma visão sistêmica sobre o sistema produtivo, como forma de pensar de forma estratégica as soluções para problemas da cadeia produtiva de ovinos. "Se não pensarmos em intervenções generalizadas, teremos sempre uma visão particular e não veremos nosso produto como um todo", ressaltou ele. O pesquisador destacou que aspectos como manejo, nutrição de animais, eficiência reprodutiva, genética, entre outros, não podem ser vistos como isolados em um sistema de produção, pois têm influências uns sobre os outros. Na sequência, o também pesquisador Juan Ferelli falou sobre comercialização e avaliação do mercado para ovinos.

Participantes do curso mostraram boa expectativa em conhecer as tecnologias da Embrapa para a ovinocultura e em disseminá-las junto a produtores rurais de suas regiões. "O que espero é acompanhar o que há de novo na área, aprender e repassar o conhecimento. Na região Norte, a atividade explodiu nos últimos três anos e a busca por profissionais é muito grande", afirmou o médico veterinário Jaderson Holanda, do Senar do Amazonas.

O também veterinário Jorge Mezzaroba, do Senar de Mato Grosso do Sul, mostrou interesse em conhecer a realidade de sistemas de produção em bioma diferente de sua região e avaliar que experiências praticadas no Nordeste podem ser adaptadas. Para ele, as tecnologias poderão ajudar na superação de desafios para a produção local, principalmente quanto à inserção dos produtos da carne ovina no mercado e a redução de abates clandestinos.

Já a zootecnista Ângela Gracindo, do Senar do Rio Grande do Norte, destacou que a maior expectativa pelo curso está em conhecer inovações tecnológicas que permitam transformar a realidade de ovinocultores que trabalham em regime de agricultura familiar. "Neste setor, a atividade ainda se dá de forma primitiva. Como multiplicadores, queremos pôr as tecnologias novas em prática", disse ela.

Ainda neste módulo, os participantes terão noções sobre planejamento participativo, implantação do sistema de produção, manejo e conservação do solo. A partir da quarta-feira, acontecem também atividades práticas de manejo de pastagens. O curso de capacitação continuada atende à cooperação técnica firmada entre Embrapa, Senar e Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil (CNA), visando treinar técnicos para que atuem como multiplicadores em arranjos produtivos de diferentes regiões do país, colaborando para a inserção dos produtores no mercado.

As informações são da Embrapa Caprinos e Ovinos, adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade