Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

China: consumo de lã Merino é crescente

postado em 25/03/2014

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A demanda por lã Merino australiana na China está aumentando graças ao interesse crescente dos consumidores pela proveniência dos materiais usados para fazer suas roupas. “Os consumidores chineses estão agora mostrando interesse real em ingredientes de marca”, disse o diretor estratégico e de marketing da Woolmark Company, Rob Langtry. “Isso significa não apenas o próprio vestuário e o estilo dele, mas a história por trás dele – como o tecido é feito, de onde vem a fibra e o que a torna especial”.

A Woolmark Compay é a principal organização de produtores de lã australiana. Ela fornece 90% da lã fina que é usada em roupas premium e de luxo. Langtry acredita que uma das principais razões pelas quais os compradores de roupas chineses estão se tornando mais exigentes e sofisticados é o aumento nas viagens internacionais devido o melhor poder aquisitivo.

“Os chineses estão gastando muito mais tempo fora do país em cidades como Hong Kong, Paris, Londres e Nova York e cada vez mais estão buscando o mesmo tipo de qualidade e valor agregado que os compradores nesses locais procuram”.

Companhias líderes chinesas e internacionais, como Youngor e Cerrutti 1881, fazem seu uso da lã Merino australiana como um componente essencial de suas coleções. A lã se mostrou muito popular entre os consumidores chineses.

A reportagem é do http://www.just-style.com, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade