carregando...
Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

China foi o maior destino de exportação da carne de cordeiro da Austrália em março

postado em 12/04/2013

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Austrália exportou 6.112 toneladas de carne ovina para a China durante o mês de março, 109% a mais que no ano anterior, de acordo com dados do Departamento de Agricultura, Pesca e Silvicultura. O resultado muito grande em março contribuiu para o volume total no primeiro trimestre de 2013, alcançando 19.973 toneladas – 140% a mais que no mesmo período do ano anterior.

As exportações de carne de cordeiro à China durante o mês de março aumentaram 13% com relação ao ano anterior, para 2.711 toneladas. Esse volume mensal fez com que a China excedesse os Estados Unidos pela primeira vez e colocou o país como o maior destino de exportação para a carne de cordeiro da Austrália em março.

Os envios mensais de carne de carneiro ultrapassaram 3.000 toneladas pelo terceiro mês consecutivo, com o volume em março aumentando 554% com relação ao ano anterior, para 3.401 toneladas. As exportações australianas de carne de carneiro no primeiro trimestre de 2013 já foram responsáveis por mais de dois terços do total do ano passado, ficando em 11.156 toneladas.

Em termos de cortes enviados à China em março, peito & flap continuaram sendo os cortes mais populares, em 3.006 toneladas. É interessante notar que as exportações de carne de cordeiro processada durante março caíram 10% com relação ao ano anterior, para 492 toneladas. Entretanto, um aumento nas exportações de shoulder de 723% (para 288 toneladas com relação a 35 toneladas em março de 2012) ajudaram nos volumes mensais exportados. As exportações de carcaças de carneiros durante março também permaneceram fortes, em 1.242 toneladas – mais que as apenas 17 toneladas em março do ano passado.

A reportagem é do Meat and Livestock Australia (MLA), traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.  

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade