Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Chuva afeta colheita de soja na Argentina

postado em 23/05/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

As chuvas que caíram sobre regiões agrícolas importantes da Argentina na semana passada prejudicaram a colheita de soja, informou o Ministério da Agricultura do país. Terceira maior produtora e exportadora da oleaginosa - atrás de Estados Unidos e Brasil -, a Argentina deverá produzir 50,4 milhões de toneladas do grão nesta safra 2010/11, conforme estimativas oficiais.

Apesar de a colheita já estar em sua etapa final - 88% da área plantada já foi colhida -, adversidades climáticas ainda podem reduzir o volume total esperado. Em parte por conta de intempéries já observadas desde o início do plantio, a Bolsa de Cereais de Buenos Aires, por exemplo, prevê que a colheita de soja do país ficará abaixo de 50 milhões de toneladas (49,2 milhões), quando inicialmente diversas projeções sinalizavam cerca de 55 milhões.

No caso do milho, informou o ministério, a colheita do ciclo atual avançou a um ritmo moderado na semana passada, também influenciada pelo umidade. Até quinta-feira, os produtores argentinos haviam concluído 76% dos trabalhos nesta frente. Segundo maior país exportador de milho, a Argentina deverá colher, no total, 20,9 milhões de toneladas - para o produto, a Bolsa de Cereais de Buenos Aires prevê 20 milhões de toneladas.

As informações são do jornal Valor Econômico, adaptadas pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade