Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Conab alcança meta de 500 mil toneladas de milho vendidas na região da seca

postado em 06/06/2013

2 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) atingiu esta semana um total de 500 mil toneladas de milho comercializadas pelo Programa de Vendas em Balcão nos municípios da Superintendência do Desenvolvimento do Nordeste (Sudene), atingidos pela seca e beneficiados pela Operação Especial iniciada em maio de 2012, a fim de garantir abastecimento de milho para pequenos criadores que utilizam o grão na ração animal.

De acordo com o superintendente de Logística Operacional da Conab, Carlos Eduardo Tavares, as operações de compra e remoção de milho do Centro-Oeste do país para o Nordeste são fundamentais para suprir em parte o déficit entre consumo e produção, que chegou a dois milhões de toneladas na região.

– Havia uma previsão de safra agrícola de milho no Nordeste estimada no ano passado em seis milhões de toneladas. Com as condições climáticas adversas, a expectativa chega a pouco mais de quatro milhões de toneladas – explica Tavares.

Segundo o superintendente, a Conab realiza a venda da saca de milho pelo valor de R$ 18,12, contra um valor de mercado que chega a ultrapassar os R$ 60,00 a saca em determinadas regiões do país.

Até maio de 2012, a quantidade média de milho adquirida por produtor cadastrado no Programa Venda em Balcão era de cerca de três mil quilos ao mês. A portaria interministerial nº 601, de 29 de junho de 2012, autorizou a venda de três a 14 mil quilos por mês por produtor nos Estados do Nordeste, dependendo do seu plantel. O limite foi reduzido para sete mil quilos também em 16 de abril de 2013, por meio da portaria interministerial nº 220. Com preços e limites especiais, disparou a demanda pelo milho comercializado pelo governo federal.

Desde o começo da Operação, o número de produtores cadastrados no programa subiu de 23 mil para mais de 160 mil.

As informações são da Conab, adaptadas pela Equipe AgriPoint. 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Luís Pereira Barbosa

Maceio - Alagoas - Estudante
postado em 07/06/2013

Muito útil essa iniciativa do Governo. Ameniza bastante as necessidades dos pequenos e médios produtores do Nordeste.

Luciano Ferreira dos Santos

Mirante - Bahia - Consultoria/extensão rural
postado em 07/06/2013

Parabéns, apesar dos per causos a chegada do milho foi de grande importância para os produtores...

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade