Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Crise no Japão puxa queda no milho

postado em 17/03/2011

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Os mercados internacionais continuaram a oscilar ontem ao sabor das notícias provenientes do Japão. Nas bolsas de commodities agrícolas, os fechamentos tomaram rumos divergentes em um dia marcado por informações desencontradas a respeito dos danos às usinas nucleares no país. A avaliação de que a ameaça nuclear vai abalar ainda mais a terceira maior economia do mundo fez commodities como o milho voltar a cair de forma expressiva na Bolsa de Chicago.

O país é o maior importador mundial do grão. O contrato maio cedeu 3,07%, para US$ 6,1650 por bushel. Outro fator que tem pressionado a cotação desse produto, essencial para o setor pecuário e de alimentação humana, são as liquidações de fundos de investimento, que seguem realizando lucro sobre os ganhos que elevaram os preços às máximas de 32 meses.

A matéria é de Ana Conceição, publicada no jornal O Estado de São Paulo, resumida e adaptada pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade