Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Emater-MG planeja atender mais de 12 mil jovens rurais em 2014

postado em 03/02/2014

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural do Estado de Minas Gerais (Emater-MG) vai continuar investindo em 2014, no atendimento aos filhos e filhas de agricultores familiares. Além das capacitações destinadas aos jovens rurais, trabalho que já era muito bem conduzido pelo Projeto Transformar, o novo Programa da Juventude Rural vai focar na formação de grupos de jovens. A proposta é incentivar o associativismo e a busca de soluções coletivas para os problemas cotidianos desse segmento. A meta para este ano é atender cerca de 12.900 jovens rurais em todas as 32 unidades regionais da empresa, contemplando 719 municípios no Estado.

A gestora do programa na Emater-MG, Maria Edinice Soares, informa que a formação do grupo de jovens será incentivada em reuniões mensais onde serão discutidos assuntos do dia a dia da comunidade, abordando a relação interpessoal, familiar, saúde, lazer, a importância do trabalho conjunto, além das práticas tecnológicas de interesse do grupo. “Podemos discutir por exemplo, a condução correta das atividades agrícola e pecuária, aproveitando a experiência de cada jovem e buscando melhorá-las nos aspectos de produtividade e lucratividade. O acompanhamento será coletivo e conforme a necessidade será dada assistência técnica na propriedade ao jovem e à sua família”, explica.

Ainda segundo Maria Edinice, a iniciativa vai utilizar um sistema pedagógico, batizado de Inovar, que privilegia a construção coletiva por meio da socialização dos conhecimentos e a sua incorporação planejada na ação extensionista. A ideia é valorizar as pessoas, promovendo debates e discussões orientadas, de acordo a gestora. “Cada tema trabalhado terá embasamento teórico, reflexão da prática e o planejamento de estratégias adequadas à realidade do local dos jovens”, argumenta. Para tanto, conforme a gestora do Programa da Juventude Rural uma das proposta é fazer um material didático (manual, cartilhas e vídeo) direcionados a esse público rural e assim qualificar extensionistas e jovens.

O incentivo à permanência do jovem rural no campo tem sido ao longo dos anos, uma preocupação da Emater-MG como bem demonstrou o Projeto Transformar, que previa a capacitação de filhos de agricultores familiares, na faixa etária de 16 a 29 anos, habilitando-os para a implementação de projetos produtivos, com geração de ocupação e renda. Em sete anos do projeto, a empresa capacitou mais de 8 mil jovens no Estado . Só nos últimos dois anos foram quase 1.300 capacitados, sendo que, em 2013, o projeto atuou em 150 municípios, segundo informações da coordenadora técnica estadual de Metodologia de Assistência Técnica e Extensão Rural (Ater), Helena Silva.

Com o Programa da Juventude Rural, o desafio de proporcionar condições de manter o jovem rural em seu seu local de origem continua, como explica a atual gestora, Maria Edinice Soares. “O objetivo é facilitar o processo de sucessão familiar nas propriedades rurais. Os filhos de agricultores só darão continuidade aos trabalhos dos pais, se eles se sentirem motivados a permanecerem na propriedade, participando do processo produtivo e sendo remunerados para isso”, argumenta a técnica da empresa. Segundo ela, as capacitações do Transformar continuarão e cerca de 500 jovens deverão ser contemplados com esta ação, neste ano de 2014, a partir de março.

As informações são da Assessoria de Comunicação da Emater-MG.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade