Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Embrapa Caprinos e Ovinos inaugura Prédio da Pesquisa

postado em 25/06/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Embrapa Caprinos e Ovinos realizou na manhã da última sexta-feira (22) a inauguração oficial do seu Prédio da Pesquisa. A obra amplia a estrutura da Unidade para receber os 22 novos pesquisadores contratados a partir do concurso público da empresa de 2010 e colabora na integração das equipes das diversas áreas de pesquisa. "Esta é uma casa nova voltada para uma ciência que buscará resolver os problemas reais, como as dificuldades trazidas pela seca e a quantidade de estabelecimentos rurais que ainda não têm acesso a tecnologias", ressaltou o chefe-geral da Embrapa Caprinos e Ovinos, Evandro Holanda Júnior, na solenidade de inauguração.

Segundo Evandro, a Unidade está se reestruturando para um novo momento em sua trajetória, que busca a consolidação da Embrapa Caprinos e Ovinos como um dos maiores centros de pesquisa sobre pequenos ruminantes do Brasil e do mundo. Para o chefe-geral, há a expectativa de que obras como o Prédio da Pesquisa e o futuro Centro de Formação da Residência Zootécnica dotem a Unidade de estrutura para enfrentar os desafios do setor produtivo para as próximas décadas. Evandro descerrou a placa inaugural do Prédio juntamente com o chefe adjunto de Pesquisa & Desenvolvimento, Olivardo Facó, e o chefe adjunto de Transferência de Tecnologia, Selmo Fernandes.

A inauguração teve a presença do deputado federal José Linhares, que conheceu a estrutura do prédio e destacou o papel da Embrapa como uma empresa de vanguarda no cenário da pesquisa científica no Brasil. Ele conversou com pesquisadores da área de Forragicultura e Pastagens, afirmando seu interesse em colaborar com o desenvolvimento de pesquisas nesta área, que considera estratégica para o Nordeste brasileiro.

O Prédio da Pesquisa teve sua construção iniciada em 2010, em obras com recursos de R$ 983 mil de emenda parlamentar da bancada do Estado do Ceará no Congresso Nacional. Sua estrutura comporta 22 salas para pesquisadores e para projetos da Unidade, como o Programa de Melhoramento Genético de Caprinos e Ovinos de Corte (GENECOC), o futuro Centro de Inteligência em Caprinos e Ovinos, além da sede do Escritório de Projetos, em fase de implantação.

As informações são da Embrapa Caprinos e Ovinos, adaptadas pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade