Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Embrapa inicia projeto de incentivo à caprinocultura em Benin, na África Ocidental

postado em 13/03/2013

3 comentários
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O pesquisador Vinícius Guimarães, da Embrapa Caprinos e Ovinos (Sobral-CE), esteve na República do Benin, na região da África Ocidental, entre os dias 22 de fevereiro e 1º de março para lançar as atividades do projeto “Opções de produção e manejo para melhoria da rentabilidade de pequenos produtores de caprinos”(“Production and management options for improved smallholder goat profitability”). O projeto, desenvolvido em parceria com a Universidade de Abomey-Calavi, é integrante da plataforma África-Brasil de Inovação Agropecuária 2012 (Africa-Brazil Agricultural Innovation Marketplace).

O projeto tem como objetivo avaliar os sistemas de produção de caprinos de pequenos agricultores locais, buscando garantir segurança alimentar e desenvolver, com uma abordagem participativa, modelos de simulação que possibilitem, no futuro, criar um sistema de apoio a decisões para auxiliar os extensionistas e agricultores.

Acompanhado pelo professor Luc Dossa Hippolyte, professor do Departamento de Produção Animal da Universidade de Abomey-Calavi, Vinícius teve uma primeira reunião com professores, técnicos e estudantes de graduação e pós-graduação para apresentar a proposta do projeto e selecionar os locais de sua implementação, nas regiões de Kpomassé no Sul, Glazoué no Centro e Tanguiéta e Kerou no Norte do país. “A caracterização das comunidades e dos sistemas de produção será realizada por estudantes de pós-graduação, sob a supervisão de Dossa e de seus colegas. A base de dados resultante desta atividade permitirá começar a construir o modelo de simulação para otimizar os sistemas de produção de cabras desses pequenos agricultores” ,explicou Vinícius.

Também na viagem, a equipe do projeto teve a oportunidade de visitar duas comunidades diferentes, uma em Toffo e outra em Kpomassé, onde o projeto será realizado. “Durante as visitas pudemos perceber algumas ameaças e muitas oportunidades para a implementação. Os grupos de produtores dessas comunidades demonstraram estar bem organizados, apesar das suas dificuldades, e com boa expectativa a respeito do projeto”, afirmou Vinícius. A próxima visita do pesquisador ao país deve acontecer nos próximos meses.

A plataforma África-Brasil está em execução desde 2010, para o apoio a parcerias com instituições de pesquisa daquele continente. Os projetos têm como foco a melhoria da produtividade agrícola e o manejo de recursos naturais, como alternativas para o combate à pobreza na região.

As informações são da Embrapa Caprinos e Ovinos, adaptadas pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Alex Cicinato Paulino de Oliveira

Rio Branco - Acre - Indústria frigorífica
postado em 14/03/2013

É imprecionante a EMBRAPA, na região norte do Brasil existe uma enorme carência neste tipo de projeto voltados a caprino e ovinocultura, rebanhos e frigorificos estão se estruturando e a EMBRAPA prevere trabalhar em outros países, única e exclusivamente por estatos!!!

everson rossini rodrigues da silva

Castro - Paraná - Revenda de produtos agropecuários
postado em 14/03/2013

Concordo com o Alex, vamos criar incentivos aos nossos produtores, fazer com que eles não desistam da atividade por falta de recursos, e apoio.

Walter Van-Deste

Congo - Paraiba - Consultoria/extensão rural
postado em 16/03/2013

As duas actividades poderiam ser desenvolvidas em paralelo, pois a EMBRAPA tem muita experiência que será útil para a África começar a acabar com a pobreza nas zonas rurais.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade