Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Equador importará 8.000 ovinos do Uruguai

postado em 09/03/2010

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O Governo do Equador adquiriu 8.000 ovinos do Uruguai como parte de um programa piloto que prevê beneficiar inicialmente cerca de 600 famílias de três províncias da serra central do país.

O presidente equatoriano, Rafael Correa, que ainda está no Uruguai, visitou a fazenda Loma Azul, no departamento de Flórida, para conhecer o processo de criação e as técnicas de manejo dos ovinos feitos no Uruguai. O presidente esteve acompanhado de uma comitiva oficial que inclui três ministros de Estado e dois dirigentes indígenas.

A importação faz parte de um convênio firmado em 22 de março de 2009 pela União Nacional de Organizações Populares do Equador e apoiado pelo Governo do país.

O programa piloto, que contempla a entrega de 20 fêmeas e um macho reprodutor por família através de créditos em condições favoráveis do estatal Banco de Fomento, será ampliado no futuro a oito províncias da região central do Equador, disse o ministro da Agricultura equatoriano, Ramón Espinel.

Ele disse que a iniciativa compreende em um plano de capacitação aos beneficiados e num acompanhamento para verificar as condições de adaptabilidade, considerando que os locais para onde os animais serão enviados têm mais de três mil metros de altura.

No entanto, o representante da empresa exportadora dos ovinos lanares Covex, Salvador García Pintos, disse que os animais têm uma grande capacidade de adaptação em locais de grande altitude, já que vendas similares foram realizadas a Bolívia e Peru, sem que fossem registrados problemas.

A reportagem é da Agência Pública de Notícias do Equador e da América do Sul (ANDES), traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade