Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

EUA continua sendo um mercado em potencial para a carne de cordeiro australiana

postado em 11/09/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Os Estados Unidos ainda mantêm um grande potencial como um mercado para a carne de cordeiro australiana, pois somente 27% dos consumidores experimentaram o produto.

O presidente do Conselho de Carne Ovina da Austrália, Ian McColl, retornou de uma visita aos Estados Unidos para uma conferência do Tri-Lamb e o principal tópico discutido foi o aumento do consumo de carne de cordeiro no enorme mercado norte-americano. O Tri-Lamb é um memorando de entendimento entre as principais corporações da indústria nos Estados Unidos, na Nova Zelândia e na Austrália.

McColl disse que, com uma população de mais de 300 milhões e um rebanho ovino nacional de seis a sete milhões de cabeças, os Estados Unidos têm um potencial massivo como mercado. "Há um enorme potencial de mercado que estamos tentando trabalhar e melhorar. O Tri-Lamb está funcionando há quase 10 anos. É um acordo que começou com a ideia de melhorar o entendimento, o conhecimento e o consumo de carne de cordeiro na América", disse ele.

A Austrália tinha 32% de participação no mercado de carne de cordeiro dos Estados Unidos em 2011, exportando 34.328 toneladas. Os produtores americanos tiveram uma participação de mercado de 51% durante o mesmo período, enquanto a Nova Zelândia forneceu 17%.

O gerente regional do Meat and Livestock Australia (MLA) América do Norte, Stephen Edwards, disse que houve oportunidades "excepcionais" para a carne ovina nos Estados Unidos, com somente 47% dos consumidores tendo experimentado a carne de cordeiro americana e 33% tento experimentado o produto neozelandês.

"O atual programa Lean on Lamb que está sendo realizado nos Estados Unidos está focado em aumentar a conscientização sobre a carne de cordeiro em termos genéricos, enquanto destaca os benefícios nutricionais da carne de cordeiro e os estende a consumidores alvo através de canais online, incluindo blogs".

Edwards disse que uma pesquisa recente no mercado dos Estados Unidos descobriu que embora 37% dos participantes não soubessem nada sobre a carne de cordeiro australiana, atitudes positivas entre os que tinham experimentado o produto australiano foi significantemente maior.

"Como resultado, o MLA América do Norte desenvolveu um programa que visa uma região específica. Em 2013, focaremos na cidade de Nova York e nas redondezas. O MLA tinha concebido uma campanha integrada de marketing, cobrindo varejo, food service, consumidores, blogueiros e mídia visando aumentar a conscientização e as vendas da carne de cordeiro australiana.

Os participantes do Tri-Lamb são o Conselho de Carne Ovina da Austrália, a Associação Nacional de Terminadores de Cordeiros dos Estados Unidos, o MLA, o Beef and Lamb New Zealand, a Federated Farmers of New Zealand e a Associação Americana da Indústria Ovina.

A reportagem é do http://theland.farmonline.com.au, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (1 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade