Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Exportações de carne de cordeiro da Austrália ultrapassam 200.000 toneladas em 2013

postado em 08/01/2014

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Direcionadas pelos elevados abates de cordeiros, combinado com uma forte demanda internacional, as exportações totais de carne de cordeiro australiana ultrapassaram 200.000 toneladas em 2013, alcançando um recorde de 213.715 toneladas, 13% a mais com relação ao recorde anterior, registrado em 2012.

Em 2013, o Oriente Médio foi o maior mercado de exportação de carne de cordeiro da Austrália, totalizando 59.752 toneladas, 15% a mais ou 7.940 toneladas com relação ao ano anterior – representando 28% do total das exportações de carne de cordeiro australiana. Liderando as exportações de carne de cordeiro na região, os envios aos Emirados Árabes Unidos alcançaram 15.724 toneladas, 19% a mais que no ano anterior. Apesar de representar 26% das exportações totais ao Oriente Médio e o terceiro maior mercado em 2013, os envios à Jordânia caíram 2% com relação ao ano anterior, para 12.741 toneladas. Entretanto, Bahrain surgiu como um dos mercados mais significantes para carne de cordeiro da Austrália em 2013, crescendo 300%, ou cerca de 10.000 toneladas com relação ao ano anterior, para 13.351 toneladas.

As exportações para a Grande China representaram 29% das exportações totais da Austrália, aumentando 41% com relação ao ano anterior, para 48.908 toneladas, e foram significativamente aumentadas pelos envios à China (39.535 toneladas), 34% a mais que em 2012. Apoiando o crescimento à região estiveram exportações a Hong Kong (7.539 toneladas) e Taiwan (1.834 toneladas), 116% e 14% a mais que no ano anterior, respectivamente.

Os Estados Unidos continuaram sendo o mercado de exportação de maior valor da Austrália em 2013, à medida que os envios totais alcançaram 39.179 toneladas, 7% a mais que no ano anterior e em grande parte consistindo de cortes resfriados de maior valor.

As exportações mensais recordes para o Reino Unido (1.577 toneladas) contribuíram para maiores envios (1.730 toneladas) à União Europeia (UE) em dezembro, 45% a mais e 33% a mais com relação ao ano anterior, respectivamente. Entretanto, apesar disso, as exportações totais à UE em 2013 caíram 3% com relação a 2012, para 11.741 toneladas.

A reportagem é do Meat and Livestock Australia (MLA), traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade