Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Exportações de carne ovina australiana para a China cresceram nos primeiros quatro meses do ano

postado em 14/05/2013

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

As exportações de carne ovina da Austrália à China durante o mês de abril aumentaram 130% com relação ao ano anterior, para 5.690 toneladas, de acordo com dados do Departamento de Agricultura, Pesca e Silvicultura do país. As vendas de carne ovina australiana à China nos primeiros quatro meses de 2013 totalizaram 25.664 toneladas – aumento de 138% frente ao mesmo período do ano anterior.

Apoiando esse aumento esteve o crescimento nas exportações de carne de carneiro durante abril, com volumes mensais que aumentaram de 373 toneladas em abril de 2012 para 3.337 toneladas em abril de 2013. Devido a forte demanda pela carne de carneiro australiana, as exportações durante os primeiros quatro meses de 2013 totalizaram 14.493 toneladas – apenas 1.800 toneladas a menos que os envios anuais de carne de carneiro em 2012 inteiro (16.352 toneladas). As exportações de carne de cordeiro durante abril cresceram 12% com relação ao ano anterior, para 2.353 toneladas.

Em termos de cortes de carne ovina exportada à China durante abril, peito e flap continuaram sendo os mais populares, aumentando 43% com relação ao ano anterior, para 2.471 toneladas, dos quais 918 toneladas eram de carneiro (aumento de 228% com relação ao ano anterior). Junto com o aumento de 8% com relação ao ano anterior de peito e flap de cordeiros, para 1.553 toneladas, as vendas de shoulder de cordeiro também aumentaram durante o mês, em 269% com relação ao ano anterior, para 166 toneladas. Similarmente ao que aconteceu com a carne bovina, o aumento nos envios de carcaças de carneiros também foi significativo em abril – os maiores volumes registrados, de 1.722 toneladas.

A reportagem é do Meat and Livestock Australia (MLA), traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade