Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Financiamentos da agricultura empresarial somaram R$ 122,68 bi na safra 2012/13

postado em 23/07/2013

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A contratação de crédito pela agricultura empresarial superou em 6,4% os R$ 115,25 bilhões previstos para a safra 2012/13, atingindo R$ 122,68 bilhões. O secretário de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Neri Geller, comentou os resultados do Plano Agrícola e Pecuário 2012/13 nesta segunda-feira, 22 de julho, em Brasília.

De acordo com o secretário, o governo disponibilizou mais recursos, mostrando que além do setor estar organizado, "o governo tem uma política de crédito bem definida e alinhada".

Os empréstimos de custeio e comercialização superaram em 5,5% os R$ 86,95 bilhões programados, somando R$ 91,76 bilhões entre julho de 2012 e junho de 2013. Referente aos financiamentos de investimento, as contratações superaram 9,3% dos R$ 28,3 bilhões previstos, somando R$ 30,91 bilhões.

Para Geller, o destaque foram os financiamentos de custeio pelo Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural (Pronamp), que somaram R$ 8,35 bilhões no período. “É importante porque o produtor, principalmente da região de fronteira agrícola, pega mais recursos oficiais para fazer aquisições dos insumos. Comprando mais barato ele pode planejar melhor o plantio”, destacou.

Outro programa que o secretário destaca é o Agricultura de Baixa Emissão de Carbono. Ao todo, cerca de R$ 3 bilhões foram emprestados para a adoção de práticas sustentáveis, como plantio direto, reflorestamento comercial e recuperação de pastagens degradadas.

Neri Geller disse ainda estar otimista para a safra 2013/14 e acredita que os R$ 136 bilhões disponibilizados vão ser utilizados na íntegra. “O setor vai continuar dando retorno para a economia brasileira. Primeiro em função da dinâmica do setor e, segundo, pela política implementada pelo governo federal ao agronegócio”.

A avaliação das contratações do crédito agrícola é atualizada mensalmente pelo Grupo de Acompanhamento do Crédito Rural, coordenado pela Secretaria de Política Agrícola do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (SPA/Mapa).

As informações são do MAPA, adaptadas pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade