Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Governo do Uruguai dará créditos a produtores ovinos afetados pela chuva

postado em 08/10/2013

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

As autoridades anunciaram ontem (07) que o governo do Uruguai outorgará uma linha de crédito de 13 milhões de pesos (US$ 586,85 mil) para os ovinocultores afetados pelo temporal de 17 de setembro. O financiamento terá um topo de US$ 13.000 por produtor e será pago em cinco cotas anuais, com uma taxa de 3% ao ano.

O crédito será feito no marco do Plano criado para Recomposição do Rebanho Ovino em conjunto com o Serviço de Planejamento e Orçamento (OPP) e pelo Ministério da Pecuária, Agricultura e Pesca (MGAP). Segundo o vice-secretário do MGAP, Enzo Benech, o dinheiro chegará aos produtores entre 30 e 45 dias a partir do dia de ontem.

Benech estima que 400 produtores foram afetados pelo fenômeno natural. “O importante é gerar ferramentas para que esses produtores sigam trabalhando em seu estabelecimento”, finalizou ele.

Em 07/10/13 – 1 Peso Uruguaio = US$ 0,04514
21,2670 Peso Uruguaio = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

Leia mais sobre esse assunto clicando aqui

A reportagem é do El País Digital, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.
 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade