Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Iagro estabelece normas para laticínios e frigoríficos

postado em 17/08/2007

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Portaria publicada ontem (16) no Diário Oficial de Mato Grosso do Sul estabelece novas normas de funcionamento e comercialização para laticínios e frigoríficos registrados no Serviço de Inspeção Estadual (SIE/MS). As empresas são obrigadas a informar ao escritório local da Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal (Iagro), com antecedência mínima de 12h, sobre a realização de quaisquer trabalhos sob inspeção higiênico-sanitária permanente, mencionando a natureza e horário de início das atividades. Também fica proibida a entrada de animais nos estabelecimentos sem o prévio conhecimento SIE/MS.

A portaria determina o cumprimento das normas do Regulamento do SIE/MS sobre o descanso, jejum e dieta hídrica dos animais a serem abatidos, além da obrigatoriedade de apresentação dos documentos sanitários emitidos pela Iagro.

Outro procedimento estabelecido pela publicação é que os abates sejam iniciados a partir das 5h. As empresas frigoríficas e indústrias de laticínio registradas no SIE/MS ainda são obrigadas a entregar os produtos comestíveis de origem animal refrigerados nos padrões estipulados pela portaria.

Já a distribuição será feita em veículo com carrocerias providas de isolamento térmico e dotadas de unidade frigorífica. Nesses casos, as indústrias terão o prazo até 1º de novembro para se adequarem.

As informações são do MS Notícias.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade