Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

IBGE: preço alto dos alimentos reduz vendas do varejo

postado em 17/06/2010

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O choque de preços de alimentos foi o principal responsável pela redução de 0,7% em abril frente a março nas vendas do setor de hiper, supermercados e demais lojas de produtos alimentícios, bebidas e fumo, que tem o maior peso no indicador de varejo divulgado nesta quarta-feira (16) pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística).

Na média entre os ramos pesquisados, as vendas no comércio no país recuaram 3% em abril na comparação com o mês anterior, apresentando a maior queda nesse confronto em toda a série histórica, iniciada em 2000.

No acumulado de janeiro a maio, a inflação medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo) apresentou alta de 3,09%. Somente os alimentos avançaram 5,48% nesse intervalo, terceira maior alta desde 1995. A inflação nesse setor já supera nesses cinco meses os 3,18% registrados ao longo de todo o ano de 2009.

Para o economista Reinaldo Pereira, do IBGE, não foi apenas o varejo que mostrou arrefecimento em abril, tendência compartilhada por outros indicadores de atividade da economia. "O comércio tem tudo para voltar a crescer e registrar um bom desempenho em 2010. Outros indicadores mostraram que a economia está em processo de desaceleração".

De acordo com o economista, a queda de 3% "é pontual" e "reflete uma acomodação do setor após três meses seguidos de crescimento". Na visão de Pereira, todos os indicadores que sustentaram o nível de atividade do comércio nos últimos meses continuam presentes: alta do emprego, elevação da renda e maior oferta de credito.

A matéria é de Pedro Soares, publicada no jornal Folha de São Paulo, resumida e adaptada pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade