Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Indicador de mercado laneiro aumentou quase 5% na Austrália

postado em 03/09/2013

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O Indicador do Mercado Oriental (EMI) aumentou 4,9% na semana passada na Austrália mudando a tendência de queda que caracterizou as operações nos últimos meses. Após duas altas consecutivas, o EMI fechou em US$ 9,54 por quilo base limpa, o que representa uma recuperação de 44 centavos de dólar com relação à semana anterior.

No último leilão, foi comercializada 98,8% da oferta de 20.811 fardos. O maior fortalecimento dos valores foi apresentado na categoria de lãs de 23 micra, que aumentou 4,9%; as lã de 28 micra aumentaram 2,3% e os velos de 21 micra, 3,7%.

A nível local, o presidente dos consignatários de lã, Ricardo Steward, estimou que provavelmente essa reação do mercado australiano vai paralisar o mercado mais do que estava. Principalmente, a indústria estava demandando velos Corriedale, em valores que estão entre US$ 2,80 e US$ 3,00 por lotes. Com o mercado internacional em alta, certamente os produtores adotarão uma postura de espera até ter uma referência de um comportamento estável de mercado.

Nos últimos dias, houve interesse pelo Ideal e se pagou até US$ 5,00 o quilo pelo lote mais importante, mas essa corrente de negócios já se conteve. As tosquias seguem transcorrendo normalmente, favorecidas pela não ocorrência de chuvas.

A reportagem é do http://tardaguila.com.uy, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

 

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade