Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Kit nacional diagnostica artrite encefalite caprina

postado em 15/05/2007

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A Embrapa Caprinos, com sede em Sobral (CE), que pesquisa o controle da artrite encefalite caprina (CAE), criou um kit para diagnóstico da doença capaz de identificar animais infectados com mais segurança e com menor custo. O kit deve chegar ao mercado em dois ou três anos, após validação do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

De acordo com o pesquisador da Embrapa, Raymundo Rizaldo Pinheiro, o material (antígeno) que vem sendo adquirido no exterior possui um preço elevado. "O kit importado dos Estados Unidos tem um custo estimado de US$ 200 dólares. O antígeno produzido no Brasil deve representar uma economia de 200% para os criadores", comparou.

A utilização de vírus isolados no Nordeste, segundo ele, é outra vantagem do kit nacional, por aumentar a confiabilidade dos exames. "O vírus que está nos Estados Unidos, por exemplo, apresenta algumas diferenças daqueles isolados no Nordeste. O kit feito com o vírus local tem um diagnóstico mais preciso", afirmou.

O projeto vai ao encontro da medida que está sendo elaborada pelo Mapa, através do Programa Nacional de Sanidade de Caprinos e Ovinos (PNSCO), que normatiza alguns problemas sanitários de caprinos e ovinos, entre eles a artrite encefalite. Logo que a norma entrar em vigor, o atestado de sanidade será imprescindível para o trânsito e a venda de animais.

As informações são do Banco do Nordeste do Brasil.

Avalie esse conteúdo: (4 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade