Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Leilão de VEP vai negociar 80 mil toneladas de milho

postado em 06/03/2012

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) anunciou para 15 de março a venda de estoques públicos de milho, com concessão da subvenção econômica, por meio de leilões de Valor de Escoamento de Produto (VEP). É o primeiro leilão realizado pelo governo federal com o propósito de manter abastecido o mercado, especialmente nos estados do Sul, afetados pela estiagem. A notícia foi dada pelo secretário de Política Agrícola do ministério, Caio Rocha, durante painel no 4º Fórum Nacional do Milho, nesta segunda-feira, 5 de março, na Expodireto 2012, em Não-Me-Toque (RS).

O leilão de VEP vai destinar para a comercialização 80 mil toneladas de milho, sendo 40 mil para o Rio Grande do Sul e Santa Catarina, e 40 mil para Espírito Santo (ES), Rio de Janeiro (RJ), além das regiões Norte e Nordeste, e norte de Minas Gerais (MG). As medidas são uma forma de o governo abastecer o mercado com carência do produto e atender ao setor que enfrenta dificuldade devido à quebra da safra por conta das oscilações climáticas. Junto a esta autorização, também ocorrerá a venda direta, denominada Venda Balcão. Em ambos os casos, a operacionalização será feita pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab), vinculada do Ministério.

Saiba mais:

Valor de Escoamento de Produto (VEP) - é um leilão de venda de estoque público. Neste caso, o governo paga uma subvenção, chamada de prêmio, para que o produto seja escoado para uma região determinada, com dificuldade de abastecimento.

Venda direta de estoques públicos - É realizada por meio de leilões para regular o abastecimento e o preço dos produtos agrícolas.

As informações são do Mapa, adaptadas pela Equipe AgriPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Homilton Narcizo da silva

Goiânia - Goiás - Produção de leite
postado em 12/03/2012

Gostaria de saber porque goias não entrou  nesta oportunidade ,pois somos grandes produtores, mas não temos comercialização direta via balcão atraves da conab, ou sera que estou muito desinformado.

abraços Homilton

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2020 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade