Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Leite de cabra neozelandês avança na Europa

postado em 20/04/2012

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

A companhia pioneira global de leite de cabra, de Hamilton, Nova Zelândia, Dairy Goat Co-operative, está antecipando um grande crescimento nas exportações após um importante progresso com a Autoridade Europeia de Segurança Alimentar.

A companhia, que tem uma receita anual de NZ$ 100 milhões (US$ 81,92 milhões), e é líder mundial no processamento de leite de cabra em pó, recebeu uma determinação da autoridade sobre produtos dietéticos, nutrição e alergias, de que a proteína do leite de cabra pode ser adequada como fonte de proteína para fórmulas infantis.

Apesar de ser a primeira no mundo a comercializar fórmula infantil feita com leite de cabra e vender esse produto na Europa há 20 anos, a companhia não tinha ainda a permissão para vender o produto como fórmula infantil, disse o diretor executivo da cooperativa, Dave Stanley. "É uma grande oportunidade. A Europa tem uma população grande e muito abastada. Acreditamos que o leite de cabra é o próximo melhor produto infantil após o leite materno e temos a única fórmula de leite de cabra com testes clínicos para apoiar isso".

A cooperativa está agora buscando pelo menos mais 10 fazendas fornecedoras de leite de cabra, preferencialmente em Waikato, que precisa começar a ordenhar em julho de 2013, disse Stanley. A companhia, que tem como principal mercado de exportação a Ásia, tem 50 fornecedores, com parte do leite coletado de Taranaki e Northland. A cooperativa espera que sua equipe de Hamilton de 108 pessoas aumente nos próximos 12 meses e projeta que sua receita crescerá entre NZ$ 250 milhões e NZ$ 500 milhões (US$ 204,80 e US$ 409,61 milhões) nos próximos cinco anos.

A cooperativa queria dobrar sua produção anual dos atuais 2 milhões de quilos de sólidos do leite, para 4,5 milhões de quilos, dentro de três anos, disse Stanley.

A cooperativa, fundada em 1984, cresceu rapidamente desde que comprou terra em Gallagher Drive em 2003 e investiu cerca de NZ$ 50 milhões (US$ 40,96 milhões) desenvolvendo fábricas, laboratórios, uma planta de mistura e uma operação de enchimento de latas. Uma secadora de NZ$ 60 milhões (US$ 49,15 milhões) capaz de produzir 4 toneladas por hora será construída em Gallagher Drive em 2014. As terras ao redor da planta foram compradas para possibilitar a expansão.

Em 19/04/12 - 1 Dólar Neozelandês = US$ 0,81923
1,22030 Dólar Neozelandês = US$ 1 (Fonte: Oanda.com)

A reportagem é do Stuff.co.nz, traduzida e adaptada pela Equipe FarmPoint.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2019 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade