Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Leitor comenta sobre a extensão rural

postado em 16/07/2008

Comente!!!
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

O leitor do FarmPoint Nei Antônio Kukla, técnico em Agropecuária e administrador especialista em agronegócios de Porto União, SC, comenta o artigo publicado na seção Espaço Aberto "Precisamos da extensão rural, urgente!" de autoria do Paulo Afonso Schwab, presidente da Associação Brasileira dos Criadores de Ovinos. O leitor fala sobre a posição do Brasil neste contexto. Confira:

"Em dias em que o conhecimento é o grande diferencial de um negócio, seja ele qual for, o artigo abordado é muito oportuno.

De nada adianta termos instituições de pesquisa de renome, caso da Embrapa, do IAPAR (Paraná), Epagri (SC) e tantas outras que desenvolvem excelentes trabalhos ao pesquisarem e validarem tecnologias de ponta, se esses "pacotes tecnológicos" muitas vezes ficam adormecidos dentro dos próprios órgãos de onde foram gerados por carência da extensão rural. E mais, é preciso haver sincronismo entre pesquisador e extensionista.

Em outro âmbito, vejo que ano após ano aumenta-se o valor dos Planos Safras ao tempo que ano após ano também vejo que aumenta os "Tratoraços" pelo país afora, vejo Federações Estaduais de Agricultura lutando por renegociações de dívidas, vejo agricultores se desfazendo de capitais para saldar dívidas de custeio.

E aí ao passo que pergunto: Adianta aumentar o valor do Plano Safra? É esse o problema dos agricultores? Imediatamente penso que tenho a resposta: Não resolve colocar R$ na mão do agricultor se este não tem um norte para aplicar tal numerário que deve ser utilizado juntamente com um planejamento de propriedade auxiliado por um técnico extensionista.

Colocar R$ na mão do agricultor sem este ter noção de uso (auxílio para tal) é bom somente para a revenda de insumos e máquinas e bom para os Bancos.

O serviço de extensão rural é magnífico, vai muito além de ser professor, pois este profissional começa educar o aluno desde criança, lapidando seus conceitos e hábitos. O extensionista tem a mesma tarefa, porém a diferença é que este tem a árdua tarefa de lapidar o agricultor na sua forma adulta, transpor paradigmas e mudar hábitos. Por este feito, creio que as instituições de ATER's deveriam valorizar mais, muito mais esses profissionais dando condições de trabalho que vão desde número de profissionais suficientes para os municípios, ajustando o corpo técnico de acordo com a demanda no município, até as condições de estrutura de trabalho e remuneração. Este papel deveria ser olhado com mais cuidado também por parte das Prefeituras Municipais, que possuem em seus quadros Agrônomos, Veterinários, Técnicos em Agropecuária que por "n" motivos na maioria dos municípios não desempenham o papel que seu potencial permite.

Exemplificando uma coisa notória, sempre em empresas estatais como de energia elétrica a frota de veículos é constantemente renovada, os funcionários recebem um salário motivador e outras justas benesses. Na empresa estatal de extensão rural isso não ocorre, pois os governos entendem que na geração de energia e distribuição há lucro e na geração de tecnologia e sua extensão tal lucro não ocorre. Quero dizer que não ocorre diretamente, mas indiretamente este lucro acontece, pois é uma família a menos nas favelas dos grandes centros, é um atendimento no posto de saúde a menos, é uma família a menos dependendo de "esmolas" do governo e é uma família gerando divisas. Extensão rural é importante!"


Mariana Paganoti - Equipe FarmPoint

Avalie esse conteúdo: (5 estrelas)

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Copyright © 2000 - 2021 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade