Fechar
Receba nossa newsletter

É só se cadastrar! Você recebe em primeira mão os links para todo o conteúdo publicado, além de outras novidades, diretamente em seu e-mail. E é de graça.

Levantamento da Conab aponta crescimento da cana

postado em 01/06/2007

1 comentário
Aumentar tamanho do texto Diminuir tamanho do texto Imprimir conteúdo da página

 

Com a expansão da cana-de-açúcar por 6,62 milhões de hectares o Brasil vai bater um novo recorde de produção na safra 2007/08. A colheita será de 528 milhões de toneladas, segundo o primeiro levantamento realizado pela Conab.

O resultado representa um aumento de 11,20% sobre a safra anterior, de 474,8 milhões de toneladas. A área plantada também cresceu 7,4% sobre os 6,16 milhões de hectares do mesmo período. Houve ainda aumento de 3,5% na produtividade devido ao uso de novas variedades e melhores condições tecnológicas.

Segundo informações da assessoria de imprensa da Conab, a maior produção está concentrada no Centro-Sul, com 461,6 milhões de toneladas (87,4% do total). O destaque é para o estado de São Paulo, com 66,9% do plantio da região. Já o Norte-Nordeste é responsável por 66,3 milhões t (12,6%) da colheita nacional.

A maior parte da produção (468,2 milhões t ou 88,7%) será destinada à indústria sucroalcooleira, sendo 236,6 milhões t (50,5%) para o álcool e 231,6 milhões t (49,5%) para o açúcar. O restante (159,8 milhões t, ou 11,3%) será usado na produção de cachaça, açúcar mascavo, rapadura, sementes e ração.

A pesquisa foi realizada junto a 338 usinas/destilarias e 60 entidades de classe, como cooperativas e instituições públicas e privadas, no período de 29 de abril a 12 de maio.

Avalie esse conteúdo: (e seja o primeiro a avaliar!)

Comentários

Alberto Duda

Ponta Grossa - Paraná - Indústria de insumos para a produção
postado em 04/06/2007

Fico abismado com estes números, e pensando o que será de nossa pecuária em breve ?

Quer receber os próximos comentários desse artigo em seu e-mail?

Receber os próximos comentários em meu e-mail

Envie seu comentário:

3000 caracteres restantes


Enviar comentário
Todos os comentários são moderados pela equipe FarmPoint, e as opiniões aqui expressas são de responsabilidade exclusiva dos leitores. Contamos com sua colaboração. Obrigado.

Copyright © 2000 - 2022 AgriPoint - Serviços de Informação para o Agronegócio. - Todos os direitos reservados

O conteúdo deste site não pode ser copiado, reproduzido ou transmitido sem o consentimento expresso da AgriPoint.

Consulte nossa Política de privacidade